Quantum V vs Quantum Sky [Comparativo]

Por André Fogaça | 03 de Maio de 2018 às 13h00

clique para compartilhar

Link copiado!

Quantum V vs Quantum Sky [Comparativo]
Quantum V
ver mais

Falamos recentemente sobre o Quantum V e seu curioso sistema de projeção com laser. Ele foi lançado junto do Sky, outro Quantum que custa menos e tem quase que o mesmo hardware. De fato, qual deles é o melhor? Vem comigo que eu te explico neste comparativo.

CONSTRUÇÃO

Os dois modelos são feitos em uma mistura de plástico com algumas poucas partes de metal. Só que o Quantum V tem mais metal do que o Sky, que, por outro lado, é mais leve e fino do que o V. Por um motivo bem claro: a lâmpada do projetor precisa de um espaço para ela e a bateria do V é maior, ocupando ainda mais espaço.

Não é problema ser mais grosso se há mais bateria, é até um ponto positivo por durar mais tempo fora da tomada. A construção de ambos é realmente boa, mas temos problemas de falta de criatividade também nos dois modelos deste comparativo. Enquanto o Quantum Sky é literalmente idêntico ao chinês Gionee A1 e o Quantum V é ainda mais idêntico ao também chinês Voga V.

Esquecendo polêmicas com whitelabel, o Quantum V realmente é mais robusto e tem um visual mais poderoso. Ele vence este quesito.

DESEMPENHO

Estamos com dois smartphones intermediários e que têm hardware quase que idêntico. O Quantum Sky vem com processador MediaTek MT6755 ou Helio P10, Octa-Core 2,0 GHz, 4 GB de memória RAM e 64 GB de espaço interno. Repita a memória RAM e interna para o Quantum V, mudando apenas o processador. Ele também utiliza um MediaTek, só que o modelo MT6750, mais simples e com velocidade de até 1.5 GHz.

Os dois são fabricados com 28 nanômetros, mas o Helio P10 tem muitas tecnologias extras embarcadas. Além de ser mais veloz nos oito núcleos. Por conta disso, o ponto vai pro Quantum Sky.

DISPLAY E MULTIMÍDIA

Tanto o Quantum Sky como o Quantum V contam com tela de 5.5 polegadas, ambos em resolução Full HD e com tecnologia IPS. Segundo a própria Quantum, apenas o Sky vem com proteção Gorilla Glass 3. Enquanto que o Quantum V tem apenas proteção mais simples, sem especificar qual tecnologia é utilizada.

Em reprodução de cores o Quantum Sky consegue reproduzir tudo sem aberrações exageradas, além de trabalhar com ângulo de visão bem generoso. Já o Quantum V exibiu algumas alterações na cor quando o ângulo de visão estava mais acentuado. Por conta disso, o Quantum Sky leva este quesito para casa.

CÂMERAS

As câmeras traseiras dos dois Quantuns deste ringue contam com a mesma resolução: 13 megapixels. O resultado é que fotos com boas condições de luz ficam boas dos dois lados, mas sofrem um pouco mais no ruído e no foco para o Sky, que é mais trabalhoso. Na maioria das fotos que tiramos, o Sky errou o foco das fotos de noite, o que não aconteceu no Quantum V.

Além disso, o HDR do Quantum V mostrou melhores resultados. No Sky, ele apenas deixa tudo mais claro. Não trabalha direito o contraste dinâmico.

Por isso, o Quantum V leva o ponto.

BATERIA

O Quantum Sky vem com 4.010 mAh de capacidade, o que é bastante surpreendente. O problema é que o V também vem com bastante bateria. São 4.000 mAh no tanque, mais do que o suficiente para utilizar durante todo o dia.

O problema é o processador MediaTek, que nesta geração não sabe lidar com energia. Reproduzindo um vídeo no app do YouTube, via Wi-Fi e com o brilho no máximo, registramos 18.5% por hora de descarga no Sky e 18% no V. Acima de seus concorrentes, mas como o comparativo é entre estes dois e mais nenhum, por conta da bateria que consome meio por cento a menor por hora, ele recebe o prêmio.

Ponto para o Quantum V. Ponto por ser o menos pior, claro.

PREÇO

No momento da gravação deste vídeo, temos o Quantum Sky sendo vendido por um valor oficial de R$ 1.499, mas que é possível encontrar em promoção por no máximo R$ 1 mil. Já o V custa R$ 1.799 , sem promoção encontrada na data deste vídeo.

Ponto pro Sky.

QUEM GANHA?

Fechamos esta comparativo da seguinte forma:

  • 3 pontos para o Quantum Sky: desempenho, display + multimídia e preço.
  • 3 pontos para o Quantum V: construção, câmera e bateria.

O ponto que pode desempatar este comparativo é o projetor do Quantum V. Ele é um recurso extra que está em quase nenhum concorrente, muito menos no Quantum Sky. Se realmente você quer algo extra, este é o vencedor deste comparativo.

Se você não faz questão do projetor, o Sky é seu vencedor por entregar quase que tudo que o V, custando menos.

E ai, vocês concordam com os pontos? Pensam em quesitos diferentes? Conte aqui nos comentários.