Xiaomi Watch S1 deve ganhar versão global com monitoramento de 117 atividades

Por Vinícius Moschen | Editado por Wallace Moté | 11 de Fevereiro de 2022 às 08h48

clique para compartilhar

Link copiado!

Depois de ser apresentado pela Xiaomi no final de dezembro, o Watch S1 deverá ganhar uma versão global em breve, com lançamento previsto para o continente europeu. De acordo com uma nova publicação do perfil @TechInsiderBlog no Twitter, o relógio terá características bastante similares às vistas no modelo chinês.

Portanto, é provável que o smartwatch mantenha um visual discreto e construção em aço inoxidável, com dois botões na lateral direita para navegação pelos menus do sistema operacional. Sua tela terá 1,43 polegada, com tecnologia AMOLED, resolução de 466 x 466 pixels e taxa de atualização de 60 Hz.

Na parte interna, o Xiaomi Watch S1 deverá contar com 4 GB de espaço para armazenamento. O modelo chinês ainda conta com monitoramento de 117 atividades esportivas diversificadas, que também incluem aquelas praticadas em piscinas, já que o relógio tem resistência contra efeitos da pressão a até 5 ATM — ou seja, 50 metros de profundidade.

Além disso, o relógio ainda traz outras funções típicas de dispositivos dessa faixa de preço, como monitoramento de sono, registro de batimentos cardíacos e de níveis de oxigênio no sangue, com notificações voltadas para um estilo de vida mais saudável, e alertas caso algum dos sensores detecte irregularidades.

O smartwatch também oferece amplas opções de personalização com mais de 200 faces configuráveis para a tela principal, e o suporte para NFC permite que o Watch S1 realize pagamentos ou outros tipos de autenticações sem a necessidade de toques físicos. Há ainda GPS dual band para localização mais precisa, e microfones internos para comandos de voz por meio da assistente virtual Alexa — o modelo chinês traz a Xiao AI.

O relógio terá pulseiras intercambiáveis, enquanto sua bateria de 470 mAh deverá garantir autonomia para até 12 dias de uso, dependendo das condições e recursos utilizados. O carregamento será feito por meio de base wireless que acompanha o relógio na caixa.

Preços e disponibilidade

Ainda não foi divulgada uma data oficial para o lançamento do relógio na Europa, mas a apresentação poderá acontecer já nos próximos dias. O Xiaomi Watch S1 deverá ser disponibilizado nas cores preto e prata, por um preço sugerido próximo aos 250 euros (cerca de R$ 1.495 em conversão direta).

A marca também disponibilizará uma versão Active com algumas mudanças de construção e recursos semelhantes, por um valor aproximado a 200 euros (~R$ 1.196) — ela será comercializada nas cores Space Black (preto), Ocean Blue (azul) e Moon White (branco).

Fonte: Twitter/@TechInsiderBlog