Apple Watch Ultra sobrevive a marretadas e quebra mesa

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 26 de Setembro de 2022 às 10h05

clique para compartilhar

Link copiado!

Watch Ultra
ver mais

Novo relógio super resistente da Apple, o Apple Watch Ultra foi submetido nesta semana a um teste extremo de impactos, surpreendendo ao sobreviver sem avarias visíveis. O acessório da gigante de Cupertino foi golpeado com uma marreta por diversas vezes, chegando a quebrar a mesa em que estava apoiado, resultado impensado mesmo para smartphones.

A situação curiosa foi vivenciada pelo canal TechRax, que avaliou a durabilidade do dispositivo em uma bateria de testes, começando por um mais tradicional lançamento de tela para baixo de uma altura de 1,2 metro sobre o concreto. Nesse cenário, o Apple Watch Ultra já trouxe bons resultados, com apenas alguns arranhões quase imperceptíveis na carcaça de titânio, e sem qualquer arranhão no display.

Indo um passo além, o YouTuber então joga o relógio em uma caixa de parafusos, visando representar condições mais extremas, como rochas em uma escalada. Nesse cenário não foi possível encontrar danos intensos à carcaça, mas é notável como a pulseira padrão é suscetível a se sujar com facilidade, algo que usuários mais avançados, que praticarão esse tipo de atividade, devem ter em mente.

A última etapa do teste é definitivamente a parte mais intrigante, quando TechRax utiliza uma marreta para conferir o quão resistente o Apple Watch Ultra realmente é. O acessório impressiona ao se manter intacto mesmo após uma dezena de marretadas, chegando a quebrar a mesa onde está apoiado — algo que nem mesmo chega a acontecer com iPhones, como o criador de conteúdo faz questão de destacar.

Apesar disso, o relógio deixa de ligar — ainda que não tenha afetado a área externa, a energia dos impactos pode ter resultado em danos nos componentes internos. Este é um dos principais motivos pelos quais derrubar com frequência um dispositivo não é uma boa ideia, mesmo que o corpo do aparelho em questão conte com certificações extremas de resistência. Após mais alguns golpes, o vidro de safira acaba trincando, assim como o corpo de titânio.

Na prática, o smartwatch nem sempre será submetido a situações tão extremas, devendo sobreviver intacto por muito tempo, especialmente quando estiver nas mãos de usuários avançados que buscam apenas mais resistência e maior autonomia de bateria. De toda forma, o teste comprova as promessas da Apple e apontam que o Apple Watch Ultra está pronto para sobreviver a cenários mais complexos.

Apple Watch Ultra é relógio para esportes extremos

Anunciado junto à linha iPhone 14 no início deste mês, o Apple Watch Ultra foi uma das principais novidades da apresentação, prometendo ser "o Apple Watch que esportistas extremos buscavam". Mantendo o processamento e os recursos do Series 8 tradicional, o modelo se destaca pela alta resistência, contando com tela em vidro de safira, corpo em titânio, bateria significativamente maior e funcionalidades pensadas para esportes como mergulho, escalada e provas de resistência.

Outros destaques incluem ainda botão extra configurável para ações rápidas, speaker secundário para entregar som mais claro e alto, certificação WR100M de resistência a mergulhos de até 100 metros de profundidade, pulseiras especiais projetadas para esportes como escalada e trilhas, e mais. O Apple Watch Ultra ainda não possui data de lançamento no Brasil, mas já foi homologado pela Anatel e possui preço oficial, que parte de R$ 10.299.

Fonte: TechRax