Redmi Note 10 Lite: Xiaomi relança Note 9 Pro e esquece de apagar vestígios

Por Eduardo Moncken | Editado por Wallace Moté | 30 de Setembro de 2021 às 12h17

clique para compartilhar

Link copiado!

Redmi Note 9S
ver mais

Não satisfeita apenas com os Redmi Note 10, Redmi Note 10S, Redmi Note 10 Pro, Redmi Note 10 Pro Max, Redmi Note 10 5G, Redmi Note 10 Pro 5G e Redmi Note 10T (em versões 4G e 5G), a Xiaomi está lançando o Redmi Note 10 Lite. Mas seu hardware é de um velho conhecido.

A Xiaomi anunciou para a Índia o "novo" modelo, que traz Qualcomm Snapdragon 720G, 6 GB de memória RAM com 64 ou 128 GB de armazenamento interno, e bateria de 5.020 mAh com recarga rápida de 18 W.

A tela tem 6,67 polegadas, com resolução Full HD, e sem altas taxas de atualização. O conjunto de câmeras traz três sensores traseiros, com direito a uma principal de 48 MP (f/1.89), ultrawide de 8 MP (f/2.2) e macro de 5 MP (f/2.4). Há ainda sensor de profundidade de 2 MP e câmera de selfies de 16 MP.

Olhos mais atentos talvez tenham observado serem as mesmíssimas configurações do Redmi Note 9 Pro indiano, ou Redmi Note 9S global (que chegou oficialmente ao Brasil). Como essas especificações já não são largamente impressionantes no momento, o hardware foi “rebaixado” a Lite em 2021. E a Xiaomi parece ter aproveitado tanto do modelo antigo aqui, que mesmo o software de câmera acusa que o celular se trata do smartphone antigo.

Fotos registradas com a câmera do Redmi Note 10 Lite mostram a marca d'água do Redmi Note 9 Pro. E não só isso: mesmo na página oficial do celular, a chinesa esqueceu de mudar alguns dados. Nas opções de memória e armazenamento, a Xiaomi não atualizou o texto para refletir o novo modelo, se referindo a ele como Redmi Note 9 Pro.

Até por isso, as dimensões são as mesmas: 165,8 x 76,7 x 8,8 mm. Há, claro, sensor biométrico na lateral, conexão USB-C, Bluetooth 5.0, e Wi-Fi 5 (2,4 e 5 GHz).

Quem espera que a Xiaomi ao menos se dê ao trabalho de lançá-lo com Android atualizado poderá se frustrar: um FAQ no site oficial informa que o modelo sai de fábrica com Android 10, e não o 11.

Preço e disponibilidade

As vendas começarão na Índia em 02/10, ao preço equivalente de R$ 1.028 (em conversão direta hoje, 30/09). Não se sabe se o aparelho será lançado no Brasil, que já recebeu o Redmi Note 9S (ou seja, já temos ele por aqui). Fato é que a Xiaomi já trouxe diversos Redmi Note 10 para o Brasil, alguns com hardware melhor que o Note 10 Lite.

Redmi Note 10 Lite: ficha técnica

  • Tela: 6,67", Full HD+, com tela Gorilla Glass 5;
  • Processador: Snapdragon 720G;
  • Armazenamento: até 6 GB de RAM e 64 ou 128 GB de armazenamento (expansível via microSD até 512 GB);
  • Câmera traseira: quádrupla, 48 MP principal, 8 MP grande-angular, 5 MP Macro e sensor de profundidade de 2 MP;
  • Câmera frontal: 16 MP;
  • Bateria: 5.020 mAh, com carregamento rápido de 18W;
  • Dimensões: 165,8 x 76,7 x 8,8 mm;
  • Sistema Operacional: Android 10.0 e MIUI 11.

Fonte: Xiaomi