Realme 9 Pro Plus e Realme C35 passam pela Anatel e podem vir ao Brasil

Por Gustavo de Lima Inacio | Editado por Wallace Moté | 10 de Março de 2022 às 11h23

clique para compartilhar

Link copiado!

Tudo sobre Realme
ver mais

Semanas depois de seu lançamento internacional, Realme 9 Pro Plus pode chegar ao Brasil, depois de ser encontrado em uma homologação na Anatel. Além dele, o Realme C35 também já teve sua documentação expedida pela Agência Nacional de Telecomunicações, indicando que a Realme deve renovar em grande estilo seu portfólio muito em breve.

Um registro emitido pela Anatel sobre o Realme 9 Pro Plus, com modelo de número RMX3393, mostra que ele traz suporte a carregamento rápido de 65 watts, com o carregador apresentando saída de até 10 volts e 6,5 amperes. No caso do Realme C35, com número de modelo RMX3511, ele tem carregamento de apenas 18 watts, sendo 9 volts e 2 amperes.

Com isso, a marca pode trazer os aparelhos ao Brasil a qualquer momento, mas o simples fato de terem passado pela Anatel não confirma seu lançamento por aqui. Pode acontecer de, por algum motivo, a Realme simplesmente optar por não apresentá-los em território nacional, sendo o documento apenas uma garantia de que ela pode comercializá-los caso desejado.

Falando sobre os aparelhos, o Realme 9 Pro Plus tem uma tela AMOLED de 6,4 polegadas, resolução Full HD+ (2400 x 1080 pixels) e taxa de atualização de 90 Hz. Ele conta com um processador Dimensity 920 da MediaTek, junto de 6 GB ou 8 GB de memória RAM, assim como 128 GB ou 256 GB de espaço para armazenamento interno.

Em câmeras, vemos um sensor principal de 50 MP com OIS, uma ultrawide de 8 MP e uma macro de 2 MP, enquanto para as selfies a marca implementou um sensor de 16 MP. A bateria é de 4.500 mAh com suporte a carregamento rápido de 65 watts.

Por outro lado, o Realme C35 tem tela IPS LCD de 6,6 polegadas de resolução Full HD+, conta com processador Unisoc T616, 4 GB de RAM e 64 GB ou 128 GB de espaço para armazenamento interno.

O celular traz um conjunto de câmera tripla, sendo um sensor principal de 50 MP, junto de um sensor de 2 MP com lente macro e um sensor VGA preto e branco. A câmera frontal é de 8 MP. Sua bateria é de 5.000 mAh com suporte a carregamento rápido de 18 watts.

Além dos modelos intermediário e de entrada, a Realme já homologou no Brasil também o GT 2 Pro, seu mais recente flagship que traz plataforma Snapdragon 8 Gen 1, tela AMOLED Full HD+ de 120 Hz com brilho de 1.400 nits, câmera tripla com dois sensores de 50 MP e bateria de 5.000 mAh com recarga de 65 watts.

Ainda não há previsão para lançamento de nenhum dos produtos homologados.

Fonte: Anatel, via Insira Ficha