Mi 11 Ultra reforça suas qualidades em teste de resistência

Por Eduardo Moncken | Editado por Wallace Moté | 14 de Dezembro de 2021 às 16h50

clique para compartilhar

Link copiado!

Mi 11 Ultra
ver mais

Estamos perto da oficialização dos Xiaomi 12, mas, antes disso, o canal mais cruel do YouTube está se despedindo da geração Mi 11 com um teste de resistência do Mi 11 Ultra, flagship mais robusto lançado pela Xiaomi até então.

O modelo chamou a atenção quando foi anunciado com um dos maiores módulos de câmera do mercado, com direito a um display traseiro para utilização voltada às selfies. Com construção premium, o youtuber Zack Nelson do canal JerryRigEverything decidiu se apossar do Mi 11 Ultra para ver se, além de potente, o aparelho também é durável.

Como esperado de um bom display, a tela só risca com objetos pontiagudos bem mais específicos. Moedas e chaves no bolso não devem causar estragos — mas mesmo assim não são recomendadas. Um estilete consegue remover a pintura metálica das laterais, e, sendo assim, é provável que com a ação do tempo, e com quedas, a tinta possa soltar.

Cerâmica salva

A traseira, porém, é um grande destaque: em material cerâmico, riscos só foram possíveis com materiais de alta precisão. É a parte mais robusta do Mi 11 Ultra, e isso desempenhou papel crucial no teste mais cruel do youtuber.

Quando ele tentou dobrar o celular, o smartphone se manteve inteiro — sem trincos. É o poder da cerâmica combinado com o Gorilla Glass Victus. Tanto é que nem ao menos a tela sofreu avarias, como pixels mortos ou manchas causadas por pressão intensa.

Dessa forma, o Mi 11 Ultra sobreviveu como poucos para contar a história. É um título para aparelhos seletos, mostrando que a Xiaomi acertou não só nos seus recursos, como na sua construção. Também pudera: na China, a versão mais barata sai pelo equivalente a R$ 5.309 (em conversão direta hoje, 14/12). Quem paga isso quer um celular que dure.

Fonte: YouTube