Linha Xiaomi 12T pode custar até 800 euros

Por Vinícius Moschen | Editado por Wallace Moté | 29 de Setembro de 2022 às 10h15

clique para compartilhar

Link copiado!

Xiaomi 12T
ver mais

Depois de rumores apontarem possíveis características da linha Xiaomi 12T, novas informações mostradas pelo perfil @rquandt no Twitter revelam quanto devem custar os aparelhos. Como esperado, o modelo mais robusto com câmera de 200 MP não será tão barato quanto outros lançados pela Xiaomi até então.

Caso as informações do vazamento sejam confirmadas, a versão inicial da linha será o Xiaomi 12T com 128 GB de armazenamento interno. Com preço de 580 euros, que pode ser convertido em cerca de R$ 3.047 sem a adição de impostos, o modelo figuraria como um concorrente para intermediários premium de marcas como Samsung e Motorola, tendo como diferencial a presença do elogiado chipset Dimensity 8100 Ultra da MediaTek.

Já o valor de 630 euros da versão de 256 GB é equivalente a R$ 3.310, em conversão direta, ficando mais próximo ao preço esperado para o Pixel 7 do Google, que também será apresentado no início de outubro. O Xiaomi 12T Pro de 128 GB ficaria por 770 euros (~R$ 4.046), enquanto a variante de 256 GB deve sair por 800 euros (~R$ 4.203) — valor similar ao cobrado por flagships como iPhone 14 e Galaxy S22, e esperado também para o Pixel 7 Pro.

A linha Xiaomi 12T será apresentada no dia 4 de outubro, em evento já confirmado pela própria marca. Na sequência, os smartphones poderão chegar a outros mercados, mas neste caso os impostos e outras taxas devem causar aumentos nos preços de cada versão.

Linha Xiaomi 12T: o que esperar?

O principal atrativo da linha Xiaomi 12T será a câmera principal de 200 MP, presente apenas na versão Pro. O conjunto óptico ainda deve ser completado com uma ultrawide de 8 MP e macro de 2 MP, enquanto a frontal pode ter 20 MP.

O smartphone deve trazer o processador Snapdragon 8 Plus Gen 1 como principal componente de desempenho, assim como uma bateria de 5.000 mAh e suporte para recargas de até 120 W. Seu display AMOLED pode ter 6,67 polegadas, resolução de 1.220 x 2.712 pixels e taxa de atualização de até 120 Hz.

Já o Xiaomi 12T padrão deve trocar o sensor principal por um de 108 MP, junto aos mesmos componentes de 8 MP e 2 MP na traseira, e 20 MP na frontal. Seu processador também deve ser diferente, com o já comentado Dimensity 8100 Ultra.

Seu display pode manter as mesmas 6,67 polegadas, tecnologia AMOLED e suporte para taxa de atualização de 120 Hz, assim como a resolução de 1.220 x 2.712 pixels. Também não são esperadas grandes alterações na bateria, com 5.000 mAh e recargas a até 120 W.

Além da linha Xiaomi 12T, a marca chinesa ainda deve lançar o Redmi Pad, primeiro tablet de entrada da marca. O evento será transmitido nas redes sociais da empresa, como o YouTube, Twitter e Instagram.

Fonte: Twitter/@rquandt