iPhone 14 Plus poderia se chamar "iPhone 14 Max", indica site da Apple

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 29 de Setembro de 2022 às 14h05

clique para compartilhar

Link copiado!

iPhone 14 Plus
ver mais

Dando novo fôlego às especulações, mídias e documentos presentes no site da Apple indicam que o iPhone 14 Plus seria chamado "iPhone 14 Max". A descoberta foi feita pelo portal iCreate, que encontrou o dispositivo em imagens, códigos e até certificações de órgãos europeus atendendo pelo nome, o que pode sugerir que a mudança foi feita de última de hora.

Desde que vazamentos apontaram que a gigante de Cupertino abandonaria o iPhone Mini em favor de um modelo maior, o novo dispositivo de tamanho avantajado foi identificado como iPhone 14 Max, até que em junho um rumor divulgado em redes sociais sul-coreanas sugeriu que, na verdade, a Apple ressuscitaria a marca "Plus". Três meses depois, o iPhone 14 Plus foi anunciado, surpreendendo pelo nome mesmo diante das especulações.

Agora, a investigação do iCreate indica que o telefone realmente seria chamado "iPhone 14 Max", utilizando dados do próprio site da Apple. A primeira evidência está na página de suporte do iPhone, em uma imagem que exibe as opções de cores do iPhone 14 Plus — ao clicar para baixá-la, o arquivo é identificado como "iphone-14-max-colors".

Soma-se a isso a descrição auditiva das imagens utilizadas no portal de notícias da companhia: ao avaliar o código-fonte do anúncio da família iPhone 14 Pro, é possível encontrar menções diretas ao iPhone 14 Max. Neste caso especificamente, considerando que essas linhas também mencionam o iPhone 14 Pro, é possível que se trate de um erro de digitação.

No entanto, a prova mais contundente está na página de declaração de conformidade da Apple para o mercado europeu, em que são listadas as certificações recebidas por cada dispositivo da marca comprovando o atendimento às normas do continente. Nela, é possível ver logo no topo um dispositivo chamado "iPhone 14 Max". O mais interessante é que o telefone em questão atende pelo número de modelo A2886, o mesmo do iPhone 14 Plus.

Diante dos dados, é praticamente inegável que a Apple decidiu renomear o aparelho estreante, sendo muito provável que a decisão tenha sido tomada de última hora, considerando que documentos como as certificações de conformidade levam meses para serem avaliadas e aprovadas. Não há uma explicação clara para isso, e a gigante não costuma comentar rumores, mas é possível especular algumas das razões, inclusive relacionando rumores divulgados nesta semana sobre o iPhone 15.

Em primeiro lugar, a marca "Max" estava associado aos dispositivos mais premium da companhia pelos últimos anos, e poderia ser difícil separar de maneira clara o "iPhone 14 Max" do iPhone 14 Pro Max, o que seria um grande problema levando em conta que o iPhone 14 Plus é significativamente mais simples que o irmão Pro Max, situação agravada ainda pela ficha técnica quase idêntica à do iPhone 13.

Além disso, essa pode ser apenas a primeira etapa de uma estratégia da Maçã de renomear os aparelhos, tornando-os mais simples — rumores sugeriram que o iPhone 15 Pro Max pode acabar se tornando o iPhone 15 Ultra, mudança que seria associada a melhorias drásticas nas especificações, que incluiriam a estreia de porta USB-C e suporte a gravações em 8K.

Caso a modificação se confirme, a linha iPhone 15 seria então organizada em iPhone 15, iPhone 15 Plus, iPhone 15 Pro e iPhone 15 Ultra. Simplificado, o sistema de nomenclatura deixaria bem explícito o quão premium cada aparelho é, e separaria os modelos sem esforço.

iPhone 14 Plus busca ser modelo grande "acessível"

Anunciado ao lado do restante da família no início de setembro, o iPhone 14 Plus é essencialmente uma versão de tamanho avantajado do iPhone 14 tradicional, compartilhando da ficha técnica do irmão menor. Equipado com o mesmo chip A15 Bionic presente no iPhone 13 Pro Max, o aparelho promete oferecer alto desempenho e qualidade aprimorada de câmera, graças a um novo sensor de 12 MP que seria capaz de captar até 49% mais luz.

O destaque é a tela OLED de 6,7 polegadas, a primeira nessas dimensões a chegar a um modelo não Pro desde 2017, ainda que nem a tecnologia ProMotion de 120 Hz ou a Dynamic Island do iPhone 14 Pro esteja presente — o clássico entalhe e a taxa de 60 Hz foram mantidos. Aguardado para chegar ao mercado em outubro, o iPhone 14 Plus acaba de ser homologado pela Anatel, e deve estrear no Brasil junto ao mercado global, com preço sugerido que parte de R$ 8.599.

Fonte: iCreate, Apple (1, 2)