Exclusivo | Veja as datas de chegada do Xiaomi Mi 9T, Mi A3 e Redmi 7A ao Brasil

Por Rui Maciel | 30 de Julho de 2019 às 18h25

clique para compartilhar

Link copiado!

Xiaomi Mi 9T
ver mais

A Xiaomi se prepara para trazer ao Brasil três novos modelos de smartphones: o Mi 9T, o Mi A3 e o Redmi 7A. A previsão da empresa é lançar o Mi 9T até o dia 10 de agosto, ou seja, na próxima semana, e os Mi A3 e Redmi 7A na primeira semana de setembro.

A informação foi dada por Luciano Barbosa, Head do Projeto Xiaomi no Brasil, em entrevista ao Canaltech (que você vai conferir na íntegra logo mais).

Xiaomi Mi 9T: super aproveitamento da tela

O Mi 9T, inclusive, já foi homologado pela Anatel e será focado no público que deseja um dispositivo com configurações mais parrudas, com destaque para as câmeras.

O aparelho conta com uma câmera frontal retrátil (pop-up) de 20 Megapixels, e três lentes na parte de trás (com sensor Sony IMX582 de 48 megapixels, outro ultrawide e o terceiro com lente telefoto para zoom óptico 2x. Os vídeos são gravados em 4K a 30 quadros por segundo). Vale ressaltar o painel AMOLED, que conta com 6,39 polegadas, aproveitamento frontal de 91,9% e leitor digital além de (não poderia faltar!) uma resolução Full-HD+.

Quando se trata de bateria, o novo aparelho da Xiaomi possui 4.000 mAh, com direito a carregamento de 18 W. Já no quesito processamento, o celular é embalado pelo Snapdragon 730, e possui 6 GB de RAM e 64 GB/128 GB. O sistema operacional é o Android. O preço do aparelho ainda não foi definido, o que deve ocorrer até o início da próxima semana.

Redmi 7A e Mi A3: do básico ao intermediário

Além do Mi 9T, a Xiaomi também está focando o público que está atrás de aparelhos com uma ficha técnica mais simples, mas com bom desempenho. O Redmi 7A tem uma configuração mais básica, mas se destaca em alguns componentes.

Vamos começar pelo processador: é o Snapdragon 439, da Qualcomm. O Brasil terá duas versões do aparelho, ambas com 2GB de memória RAM, mas uma terá 16GB de armazenamento e a outra, 32GB, ou seja, serão "basicões" mesmo. Para compensar, o Redmi 7A terá uma generosa bateria de 4.000 mAh, tela de 5,45 polegadas com resolução HD+ e câmera traseira com sensor Sony IMX486 de 12 MP e frontal com 5 MP.

Já o Mi A3 pode ser uma boa opção para quem quer um modelo intermediário. Seu processador é um Snapdragon 665 e, assim como o Redmi 7A, terá duas versões: ambas terão 4GB de RAM, mas uma terá 64GB de espaço e a outra 128GB, sendo que as duas variantes também serão vendidas no Brasil. A tela terá 6 polegadas, definição HD+, e a bateria tem 4.030 mAh, com carregador ultrarrápido de 18W.

Tanto o Redmi 7A quanto o Mi A3 já estão sob processo de homologação na Anatel, que deve aprovar ambos os aparelhos já nas próximas semanas. A exemplo do Mi 9T, os preços dos dispositivos ainda não foram confirmados.