Lente de contato reutilizável aumenta em três vezes risco de infecção rara

Lente de contato reutilizável aumenta em três vezes risco de infecção rara

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 23 de Setembro de 2022 às 15h03
Prostock-studio/Envato

O risco de contrair uma infecção ocular rara aumenta quase quatro vezes se você usar lentes de contato reutilizáveis. A afirmação vem de um estudo publicado na revista científica Ophthalmology. No material, os pesquisadores se concentraram em quais fatores podem aumentar o risco de uma pessoa ser diagnosticada com ceratite amebiana, uma infecção rara da córnea.

Os pesquisadores analisaram a situação de 200 pacientes, 83 deles já diagnosticados com a infecção da córnea. Os resultados mostraram que usuários de lentes de contato gelatinosas reutilizáveis ​​tiveram 3,8 vezes mais chances de desenvolver ceratite amebiana, em comparação com usuários de lentes descartáveis.

Dormir e tomar banho com lentes também aumenta o risco em 3,9 e 3,3 vezes, respectivamente. Por suas estimativas, os pesquisadores descobriram que 30 a 62 casos de ceratite amebiana no poderiam ser evitados só no Reino Unido (país onde foi conduzido o estudo), se a população aderisse a lentes descartáveis.

Lente de contato reutilizável aumenta três vezes o risco de infecção rara (Imagem: AtlasComposer/Envato Elements)

Embora a perda de visão causada por ceratite amebiana seja rara, pode acontecer em casos graves, e é por isso que a equipe queria investigar mais possíveis fatores de risco. No Reino Unido, cerca de 1 em 20 mil usuários de lentes de contato são diagnosticados com a infecção anualmente, mas a equipe espera que intervenções simples possam ajudar a diminuir essa estatística.

“A embalagem das lentes de contato deve incluir informações sobre a segurança das lentes e prevenção de riscos, principalmente porque muitas pessoas compram suas lentes online sem falar com um profissional de saúde”, alertam os pesquisadores por trás do artigo.

Fonte: Ophthalmology via IFL Science

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.