Comparativo Poco X3 GT x Galaxy S20 FE: mais desempenho ou bateria?

Por Bruno Bertonzin | Editado por Léo Müller | 04 de Fevereiro de 2022 às 11h21

clique para compartilhar

Link copiado!

Galaxy S20 FE
ver mais

O Poco X3 GT e o Galaxy S20 FE são dois celulares bem procurados quando o assunto é custo-benefício e, por isso, preparamos um comparativo entre os dois para mostrar seus principais aspectos, a fim de te ajudar na hora de escolher entre um ou outro.

Ambos são equipados com chipsets de alta performance da MediaTek ou Qualcomm e combinam isso a outras características mais simples, com a proposta de chegar ao público final com um custo mais em conta.

Mas será que, num aspecto geral, um leva a melhor em relação ao outro? Confira, portanto, essa análise para ver qual deles melhor atende às suas expectativas de acordo com o que você busca em um smartphone.

Design e Construção

O Galaxy S20 FE é o modelo mais básico da série topo de linha de 2020 da Samsung e sua proposta é, justamente, levar uma experiência flagship aos consumidores da sul-coreana sem assustar muito o bolso.

Para isso, a empresa aposta em um acabamento em plástico sem abrir mão do visual premium da série. O resultado é um aparelho um pouco leve — com 190 gramas — e visualmente elegante. Ele ainda é disponibilizado em várias cores para agradar uma parcela maior de usuários. Seu sensor biométrico fica no display e isso também contribui bastante para facilitar o manuseio.

O módulo traseiro é um pouco saltado e abriga o conjunto de três sensores da câmera, além do flash LED. Ele peca em não oferecer um conector para fones de ouvido com plugue de 3,5 mm, mas inclui no kit um acessório da linha AKG com fio USB-C.

A pegada é bem confortável, mas o acabamento em plástico na traseira pode fazer com que ele escorregue um pouco — portanto é interessante usar uma capinha protetora para evitar acidentes.

Do outro lado, a Xiaomi é mais ousada e oferece uma finalização em vidro para o Poco X3 GT, para provar que o visual é um dos pontos mais fortes do celular. Além disso, a traseira tem um aspecto espelhado brilhante, que o deixa ainda mais sofisticado.

Ele também não oferece um conector para fones de ouvido comuns e, diferente da Samsung, não inclui um com padrão USB-C no kit. Seu sensor de impressão digital fica posicionado na lateral — acoplado à tecla power, o que também é uma boa posição para o componente.

A ergonomia é exatamente a mesma — ele é confortável para o uso, mas, ao contrário da Samsung, oferece uma segurança maior no uso graças à traseira de vidro. Seu peso é ligeiramente maior, com 193 gramas.

Além disso, ambos contam com um recorte em forma de furo no display para abrigar a câmera frontal, mas as bordas ao redor da tela do Galaxy S20 FE são consideravelmente menores.

Se for para escolher um aparelho pelo design, claramente o Poco X3 GT seria o grande vencedor dessa disputa.

Tela

Aqui, claramente, o vencedor é outro. O Galaxy S20 FE conta com um painel Super AMOLED de 6,5 polegadas com taxa de atualização de 120 Hz, resolução de 1080 x 2400 pixels e densidade de pixels de 407 ppi.

Esse conjunto é responsável por entregar uma imagem mais vívida, com cores intensas e navegação fluída. Além disso, a tecnologia Super AMOLED ajuda a poupar mais energia quando o modo noturno é aplicado.

Um ponto negativo — ou pelo menos em relação ao Poco X3 GT — é o vidro de proteção da tela, que ainda é o Gorilla Glass 3, contra o Gorilla Glass Victus no modelo da Xiaomi.

Já o Poco X3 GT aposta em uma tela mais simples, com painel IPS LCD de 6,6 polegadas, resolução de 1080 x 2400 pixels e densidade um pouco menor, de 399 ppi. Já a taxa de atualização é a mesma do Galaxy S20 FE, ou seja, 120 Hz.

Configuração e Desempenho

Em termos de desempenho, os dois celulares tem performances bem parecidas, com alguns pontos positivos para cada um em determinados aspectos.

Para começar, o Galaxy S20 FE é equipado com a plataforma móvel Snapdragon 865. Antes dele, houve uma versão com Exynos 990, mas esta foi substituída pelo modelo com chip da Qualcomm no mercado brasileiro.

Essa nova versão do Galaxy S20 FE — com chip Snapdragon — conta com um processador de alto desempenho Kryo 585 com frequência de 2,84 GHz, aliado a mais três Kryo 585 de 2,42 GHz e quatro Kryo 585 de 1,8 GHz.

Do outro lado, o Poco X3 GT possui um MediaTek Dimensity 1100, que possui quatro núcleos Cortex A78 de 2,6 GHz e quatro A55 de 2 GHz.

Em comparação entre os dois chipsets, o modelo da Qualcomm oferece uma frequência maior do processador, o que ajuda a executar as tarefas — como abrir ou alternar entre apps — de forma mais ágil do que o modelo da MediaTek.

Já o Dimensity 1100 garante uma frequência gráfica maior com sua GPU Mali G77 do que o Snapdragon 865 com a Adreno 650. Isso deve atrair mais a atenção de quem busca um celular para jogar.

O modelo da Xiaomi também leva a vantagem em oferecer uma combinação de até 8 GB de memória RAM com 256 GB de armazenamento interno contra 6 GB + 128 GB máximos do Galaxy S20 FE.

Uma desvantagem do Poco é que ele não oferece expansão com cartão microSD, característica que está presente no celular da Samsung, que pode ter seu armazenamento expandido em até 1 TB.

Usabilidade

Os dois smartphones contam com uma interface personalizada própria — o Galaxy S20 FE com a One UI (que já começou a chegar em sua versão 4.0 para este aparelho) e o Poco X3 GT com a MIUI 12.5 já liberada.

No geral, ambas são bem customizadas, o que oferece uma identidade visual própria para cada aparelho.

O Poco conta com o novo Centro de Controle da Xiaomi, que oferece acesso rápido a diversas funções do aparelho — como Wi-Fi, redes móveis, Bluetooth, lanterna e outras configurações — separado da área de notificações.

Já o Galaxy S20 FE possui as configurações rápidas e notificações acessíveis em uma única tela, o que pode facilitar na hora de ter uma visão geral de tudo.

O celular da Samsung, porém, tem algumas vantagens a mais na interface que podem pesar na hora da escolha. Uma delas é o modo Dex, que permite conectar o celular ao computador para ver e controlar quase todos os apps instalados no smartphone na tela do PC.

Além disso, ele também conta com o sistema Wireless Powershare — ou carregamento reverso —, que permite “transferir” sua bateria para outro aparelho compatível com carregamento sem fio.

Câmera

O embate de câmeras dos dois smartphones é muito bom. Isso porque o Poco X3 GT se sobressai em alguns aspectos, mas deixa a desejar em outros, o que dá uma certa vantagem ao Galaxy S20 FE. Além disso, a proposta de cada conjunto é bem diferente.

Para começar, ambos são equipados com uma configuração de três câmeras traseiras. O Poco leva a vantagem de ter um sensor principal com mais resolução: são 64 MP contra 12 MP do Galaxy.

Em comum, os dois possuem também uma lente auxiliar ultra-wide. A diferença, é que este sensor tem mais resolução no celular da Samsung, com uma definição de 12 MP contra 8 MP do Xiaomi.

A maior diferença está na terceira câmera. Enquanto o Galaxy S20 FE aposta em um sensor dedicado para zoom — uma lente teleobjetiva de 8 MP — o Poco X3 GT foca em imagens aproximadas, com um obturador macro de 2 MP.

Para selfies, o smartphone da Samsung oferece uma câmera frontal de 32 MP — resolução bem superior aos 16 MP que estão presentes no Poco.

Em relação à gravação de vídeos, ambos oferecem resolução 4K na traseira, mas o celular Xiaomi está limitado a 30 fps enquanto o Samsung oferece até 60 fps. Na frontal, porém, o Galaxy sai bem na frente com filmagem também em 4K, enquanto o Poco fica apenas na resolução Full HD.

Sistema de Som

Os dois telefones possuem configuração de áudio estéreo — o que já é uma boa vantagem, já que muitos modelos intermediários cortam os custos ao oferecer um desempenho mono.

No entanto, o Poco X3 GT leva uma ligeira vantagem neste quesito ao oferecer três saídas de áudio — uma na parte inferior, uma na parte superior e uma terceira na saída de áudio de ligações.

Enquanto isso, o Galaxy S20 FE vai no padrão com duas saídas, uma localizada na parte de baixo do aparelho e a outra na saída de som para ligações.

Bateria e Carregamento

Nesta categoria, o Poco X3 GT leva vantagem, novamente. Ele não só possui uma bateria maior — de 5.000 mAh — como também tem suporte para carregamento rápido de 67W.

Isso permite que o celular possa ficar, tranquilamente, um dia inteiro longe da tomada, além de ter sua carga completamente abastecida em cerca de 40 minutos.

Já o Galaxy S20 FE é menos generoso nos dois sentidos. Sua bateria de 4.500 mAh até permite ter um dia de bateria, mas o desempenho ainda é menor do que o rival. Além disso, seu carregamento é limitado a 25 W e o kit inclui um carregador de apenas 15 W.

Neste caso, é necessário mais de 1h20 para encher completamente a bateria do aparelho.

Conclusão | uma escolha entre desempenho ou bateria

Esse comparativo tem uma conclusão bem equilibrada. O Galaxy S20 FE se sobressai em relação ao Poco X3 GT alguns aspectos, mas peca em outros e vice-versa.

O smartphone da Samsung leva a vantagem em oferecer um chipset mais poderoso em termos de eficiência, mas perde em processamento gráfico e na combinação de memória e armazenamento.

A escolha da melhor câmera vai depender de como você usa mais o componente em um celular. O Galaxy S20 FE oferece mais resolução na lente ultra-wide, mas o Poco é melhor com um sensor principal de 64 MP.

Já o terceiro obturador do Samsung é mais voltado para quem gosta de tirar fotos com zoom, enquanto no Poco é para imagens capturadas bem de perto com uma lente macro.

O Galaxy S20 FE também leva mais vantagem com sua tela Super AMOLED, além da interface do sistema com mais recursos nativos — como o modo Dex e o Wireless Powershare.

Em compensação, o Poco oferece um conjunto melhor de áudio e tem uma bateria mais generosa para aguentar mais tempo longe da tomada. A recarga de 67 W ajuda bastante neste aspecto, já que ele pode ter sua carga completamente abastecida em menos de uma hora.

Por fim, é importante destacar que o preço é outro ponto que pesa em favor do Poco X3 GT: ele é encontrado a partir de R$ 1.900, enquanto os valores do Galaxy S20 FE partem de R$ 2.100