Comparativo Galaxy A52s vs S20 FE: o 5G compensa os recursos a menos?

Por Felipe Junqueira | Editado por Léo Müller | 18 de Janeiro de 2022 às 16h58

clique para compartilhar

Link copiado!

Galaxy S20 FE
ver mais

Galaxy A52s ou Galaxy S20 FE? É melhor comprar um intermediário com suporte ao 5G ou um topo de linha acessível? O Canaltech compara os dois modelos em todos os quesitos para lhe ajudar a tomar uma decisão.

Ambos são ótimos celulares da Samsung, com bom acabamento, conjunto de câmeras com boa resolução e processadores poderosos. E os dois possuem a mesma capacidade de bateria, mas será que oferecem a mesma duração?

Vamos analisar Galaxy A52s e Galaxy S20 FE lado a lado para ver as semelhanças e diferenças e, ao final, entender qual deles vale mais a pena comprar agora.

Design e construção

O Galaxy A52s é igual ao Galaxy S20 FE, mas diferente. Ambos têm a traseira em plástico fosco, com um módulo de câmeras no canto superior esquerdo e três lentes em tamanho chamativo. Mas o primeiro usa a tampa em peça única, além de ter cinco furos, no total, enquanto o segundo tem uma peça separada para o módulo, com três lentes e o flash.

  • Galaxy A52s: 159,9 x 75,1 x 8,4 mm, 189 g;
  • Galaxy S20 FE: 159,8 x 74,5 x 8,4 mm, 190 g.

De frente, eles são praticamente iguais. Mas a impressão é que as bordas do S20 FE são menores, apesar de o aproveitamento das telas ser praticamente o mesmo, de 84,8% contra 84,9% no Galaxy A52s. E, como você pode ver acima, as dimensões também são quase idênticas.

Há mais semelhanças, como a localização do leitor de impressão digital, que fica sob a tela. Ambos também trazem proteção contra água e poeira, que é IP67 no celular da linha Galaxy A, e IP68 no da linha Galaxy S. Isso dá uma diferença de apenas 0,5 metro de profundidade de água que cada um suporta, sendo 1,5 m o máximo no S20 FE.

Agora, se você gostar de usar um bom e velho par de fones de ouvido ou até mesmo uma caixinha de som externa com conector P2, o Galaxy A52s é o único do comparativo com esta porta. É possível usar reprodutores de áudio externos pelo USB-C ou Bluetooth em ambos.

Mas se a sua preferência for por cores diferentes, o Galaxy S20 Fe é o que vai oferecer mais opções. Ele está disponível em azul, lavanda, verde, vermelho, branco ou laranja. Já o Galaxy A52s só chegou ao Brasil em preto ou branco.

Tela

As especificações técnicas dos displays são as mesmas: painel Super AMOLED, 6,5 polegadas de tamanho, resolução Full HD e taxa de atualização de até 120 Hz, com opções do padrão em 60 Hz em ambos. Muda um detalhe que pode fazer do Galaxy S20 FE a melhor opção para o consumo de vídeos.

  • Galaxy A52s: Super AMOLED de 6,5 polegadas com resolução Full HD+ (1080 x 2400 pixels), 120 Hz;
  • Galaxy S20 FE: Super AMOLED de 6,5 polegadas com resolução Full HD+ (1080 x 2400 pixels), 120 Hz, HDR10+.

Em resumo, você vai ter telas com níveis de brilho confortáveis para usar embaixo da luz do sol e no escuro. As cores são mais vívidas, e o contraste é bem marcante. Mas o S20 FE tem suporte ao HDR10+, que garante mais detalhes visíveis em filmes e séries compatíveis.

Repare bem que o conteúdo a ser reproduzido precisa ter um HDR disponível, senão a imagem será igual nos dois aparelhos. Ou seja, só vale optar pelo Galaxy S20 FE se você costuma assistir a filmes e vídeos em plataformas que oferecem esse recurso.

Configuração e desempenho

Aqui, temos a grande diferença entre Galaxy A52s e Galaxy S20 FE. Basicamente, enquanto um celular tem suporte ao 5G, o outro é consideravelmente mais potente, além de oferecer mais recursos, como o modo DeX.

  • Galaxy A52s: Qualcomm Snapdragon 778G 5G (6 nm), processador Octa-core (4x 2,4 GHz Kryo 670 + 4x 1,9 GHz Kryo 670), Adreno 642L;
  • Galaxy S20 FE: Qualcomm Snapdragon 865 (7 nm), processador Octa-core (1x 2,84 GHz Kryo 585 + 3x 2,42 GHz Kryo 585 + 4x 1,8 GHz Kryo 585), Adreno 650 v2.

É verdade que o Galaxy A52s é um intermediário potente, que chega perto dos topo de linha atuais. Mas o detalhe faz toda a diferença: “chega perto”, mas ainda está alguns degraus abaixo em capacidade de processamento de dados, e isso inclui também gráficos e inteligência artificial.

Além do processador e conjunto de GPU e outros componentes, o Galaxy S20 FE também consegue ler os arquivos salvos na memória interna com um pouco mais de velocidade. São vantagens que, quando você analisa em conjunto, geram um smartphone muito mais veloz.

Inclusive, ambos possuem a mesma capacidade de memória nas versões-base: 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento. O S20 FE tem uma versão mais parruda, com 8/256 GB.

Mas, se você não faz questão da potência bruta de um celular topo de linha, o Galaxy A52s está de muito bom tamanho. E tem o suporte ao 5G como vantagem, ou seja, seu celular já estará pronto para o salto em internet móvel a começar em 2022. E tem potência mais que suficiente para dois a três anos de uso normal a médio.

Existe uma versão do Galaxy S20 FE com o chip Eynos 990, que é um pouco menos potente e menos estável que o Snapdragon 865. Atualmente, é mais comum encontrar a segunda versão nas lojas brasileiras, mas mesmo a primeira tem potência bruta maior que o Galaxy A52s.

Sistema operacional

O Galaxy A52s já sai da caixa com o Android 11 de fábrica, enquanto seu concorrente vem com o Android 10. Porém, ambos já estão com o Android 12 disponível em boa parte dos mercados, e devem receber mais uma atualização de versão cada um, pelo menos. O A52s pode ainda receber outra, mas a próxima já seria a terceira do S20 FE.

Apesar de possivelmente parar de atualizar uma versão de Android antes, o Galaxy S20 FE tem suporte a um recurso que pode ser fundamental para algumas pessoas: o modo DeX. A funcionalidade que transforma o celular em um computador ao ser ligado a uma tela maior não está disponível no Galaxy A52s.

Câmeras

O Galaxy A52s aposta em uma câmera principal de 64 MP, enquanto o Galaxy S20 FE tem uma de 12 MP. Porém, apesar da resolução menor, trata-se de um sensor mais avançado. A ultra-wide é igual nos dois, e aí temos uma câmera macro no modelo intermediário e uma teleobjetiva no top de linha acessível.

  • Galaxy A52s: 64 MP (f/1.8, principal) + 12 MP (f/2.2, ultra wide 123°) + 5 MP (f/2.4, macro) + 5 MP (f/2.4, profundidade); 32 MP (f/2.2, frontal);
  • Galaxy S20 FE: 12 MP (f/1.8, principal) + 12 MP (f/2.2, ultra wide, 123°) + 8 MP (f/2.4, teleobjetiva, zoom óptico 3x); 32 MP (f/2.2, frontal).

Em ambos, você consegue nitidez e nível de detalhes muito bons, especialmente com boa iluminação. Mesmo com pouca luz, e principalmente usando o modo noturno, é possível tirar boas fotografias com os dois celulares. Eles ainda possuem estabilização óptica de imagem.

Basicamente, você precisa escolher se prefere um conjunto de câmeras com uma macro ou com uma teleobjetiva com aproximação de 3x.

Talvez ajude um pouco se eu disse que o Galaxy A52s consegue fazer uma aproximação digital bem decente de até 2x, com uma pequena perda de qualidade apenas, especialmente com pouca luz.

Os dois aparelhos ainda têm o mesmo sensor de selfies, e entregam autorretratos com qualidade bastante semelhante. São fotos com bom equilíbrio de luz, cores precisas e que respeitam satisfatoriamente os detalhes do seu rosto.

Galaxy A52s: exemplos de fotos

Galaxy A52s consegue bons registros, com faixa dinâmica alta

Felipe Junqueira/Canaltech

Galaxy S20 FE: exemplos de fotos

Câmera Principal do Samsung Galaxy S20 FE

Jucyber/Canaltech

Bateria

Tanto o Galaxy A52s quanto o Galaxy S20 FE possuem 4.500 mAh de carga de bateria. Com tela semelhante, a possível diferença no tempo de uso fica a cargo da plataforma que cada um utiliza.

E aí o modelo da linha Galaxy A fica à frente por dois motivos principais: chipset menor, de 6 nm (contra 7 nm do concorrente) e processador com velocidade menor.

Você consegue extrair um tempo longe da tomada consideravelmente maior se optar pelo Galaxy A52s.

O intermediário tem consumo médio de 4,4% em navegação nas redes sociais e mensageiros, com um pouco de vídeos e jogos. No mesmo tipo de uso, o Galaxy S20 FE pode consumir mais de 6%. por hora.

E isso considerando o modelo com chip Snapdragon. A eficiência energética do Exynos é um pouco pior. Basicamente, você consegue extrair um dia longe da tomada com o Galaxy S20 FE, enquanto o Galaxy A52s dá para tentar chegar a dois dias, e com certeza fica mais de um dia sem se preocupar com recarga.

Galaxy A52s vs Galaxy S20 FE: qual vale a pena?

Uma escolha entre um bom intermediário com suporte ao 5G ou um top de linha completo em recursos e com excelente potência bruta. Mas, sinceramente, eu acho que o Galaxy A52s vale mais a pena, mesmo com alguns recursos a menos. E justifico.

O modelo intermediário é pouca coisa menos potente e tem câmeras e tela que, se não são tão boas quanto seu concorrente, chegam bem perto. E, além de oferecer conectividade 5G, tem duração de bateria um pouco melhor.

É verdade que ele costuma estar com preço um pouco mais elevado, além de não ter o modo DeX e trazer proteção contra água a profundidade um pouco menor. Mas são pequenos sacrifícios para ter um celular já preparado para a evolução na rede móvel que vai começar a acontecer em 2022 no Brasil.

Este comparativo é um caso raro em que o modelo mais potente e completo acaba não compensando tanto. E se ainda assim você preferir levar o Galaxy S20 FE, é a sua escolha, e ninguém pode dizer que é uma opção errada.

A diferença no investimento é pequena. O Galaxy A52s aparece a valores entre R$ 1.800 até R$ 2.200, enquanto seu concorrente varia na mesma faixa, porém geralmente fica um pouco mais barato que o intermediário. A versão de 8/256 GB flutua entre R$ 2.000 e R$ 2.500.