6 celulares antigos que vale a pena ressuscitar com LineageOS

Por Bruno Bertonzin | Editado por Léo Müller | 09 de Maio de 2022 às 18h05

clique para compartilhar

Link copiado!

OnePlus 6T
ver mais

A LineageOS se destaca há anos como uma das principais Custom ROMs disponíveis no mundo e não é à toa — ela é uma das que oferece mais funcionalidades, estabilidade e, de quebra, ainda ajuda a manter até mesmo celulares bem antigos com os recursos mais recentes do Android.

Dessa forma, ela pode ser a principal alternativa para você que tem um celular com quatro ou cinco anos de idade e que já não recebe mais as atualizações oficiais da fabricante. Portanto, se quiser dar uma “ressuscitada” no smartphone, talvez queira considerar fazer o famoso “root” e instalar o sistema personalizado.

No entanto, a LineageOS nem sempre faz milagres e, mesmo levando funcionalidades novas para modelos antigos, nem todos aparelhos devem aguentar bem o software, principalmente por limitações de hardware.

Pensando nisso, preparei uma lista com seis modelos que contam com suporte oficial à ROM e que compensam ser “revividos” com ela.

Antes de mais nada, é importante lembrar que a instalação de ROMs personalizadas é uma prática que pode causar problemas no aparelho se não for feita da maneira correta. Portanto, pesquise bem as recomendações para o seu celular caso decida fazer o procedimento nele. O procedimento e suas eventuais consequências ficam por sua conta e risco.

Dito isso, confira a seguir a lista com os melhores celulares que podem ganhar uma nova vida com a LineageOS.

Redmi Note 9 Pro 5G com LineageOS

O Redmi Note 9 Pro 5G não chega a ser tão antigo, mas já tem quase dois anos de idade e, devido às políticas de atualizações da Xiaomi, não é provável que ele receba muitas atualizações do Android daqui para frente.

Mas ele ainda tem um conjunto de hardware bem interessante para ser simplesmente abandonado e, com o suporte à LineageOS, pode viver mais muitos anos com recursos atualizados.

Seu bom desempenho é garantido pela plataforma Snapdragon 750G que, nele, é aliada a 6 GB de memória RAM e até 128 GB de armazenamento interno — especificações bem interessantes em 2022 ou até mesmo nos próximos anos.

LineageOS no Pocophone F1

Outra alternativa da Xiaomi é o Pocophone F1. Um pouco mais antigo que a linha Redmi Note 9, o aparelho foi lançado em 2019 e chegou com um conjunto de hardware poderoso, que tornou ele o queridinho da galera e um ótimo custo-benefício.

Uma pena que seu software já não é mais atualizado como antes e chega a ser um pouco de desperdício para um aparelho com um chip topo de linha — o Snapdragon 845 — e opções de até 6 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento interno.

Esse conjunto todo pode ser melhor aproveitado pelo usuário com novas funcionalidades e um sistema mais atual com o suporte oficial à LineageOS.

Moto Z3 Play com LineageOS

A Motorola tentou inovar o mercado de smartphones ao lançar, em 2016, o primeiro Moto Z. Com suporte aos Moto Snaps, que davam funcionalidades extra aos aparelhos, eles se tornaram os novos flagships da marca.

A ideia não se mostrou muito atrativa com o passar dos anos, seja lá qual for a razão, mas isso não quer dizer que os aparelhos da linha não eram interessantes. Muito pelo contrário, o Moto Z3 Play — último modelo lançado na linha — já não era mais um flagship, mas ainda tinha boas especificações.

Sabemos que a Motorola não é muito famosa por manter seus dispositivos atualizados, então a LineageOS pode dar uma nova vida ao Moto Z3 Play, que conta com o chip Snapdragon 636 e tem uma combinação de 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno.

LineageOS no Moto G7 Plus

A linha Moto G é a mais popular e a queridinha absoluta entre os fãs da marca. Não à toa, se tornou a principal série da marca e hoje engloba desde modelos básicos até intermediários premium ou topo de linha.

O Moto G7 Plus é um dos que mais agradou aos usuários e foi lançado em 2019 com o mesmo chip do Moto Z3 Play: o Snapdragon 636. A diferença é que a combinação de memória RAM e armazenamento era mais modesta: apenas 4 GB e 64 GB, respectivamente.

Ainda assim, dar uma sobrevida à ele com a LineageOS é uma opção e seu conjunto de hardware ainda pode aguentar bastante tempo com novos recursos e funcionalidades.

Galaxy S10e com LineageOS

A Samsung tem se destacado bastante atualmente por oferecer atualizações de software por bastante tempo aos seus aparelhos. Mas quando ele é mais antigo — como o Galaxy S10e, que foi lançado em 2019 — pode não ter jeito de levar recursos mais recentes ao celular.

No entanto, ele é mais um dos smartphones que contam com suporte oficial à LineageOS. Dessa forma, é possível prolongar um pouco mais sua vida útil com a instalação da ROM personalizada.

Com isso, o flagship — que conta com o chipset Exynos 9820 e tem até 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento — poderá ser útil por bem mais tempo do que o que foi “planejado” pela Samsung.

LineageOS no OnePlus 6T

A OnePlus não é tão popular por aqui, mas lá fora — principalmente no continente asiático — ela é uma das principais fabricantes de smartphones. Com isso, é comum que bastante brasileiros já tenham importado algum celular da chinesa.

O OnePlus 6T pode estar nessa lista. Com uma combinação de hardware bem potente, ele era um dos flagships da marca quando foi lançado. Ele chegou ao mercado em 2018 com Snapdragon 845 e opções de até 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno.

Por ter chegado com o Android 10, não é provável que ele receba mais atualizações de software — principalmente se considerarmos que o OnePlus 10 Pro já está no mercado —, então o suporte à LineageOS pode garantir recursos mais atuais e mais funcionalidades ao aparelho, que certamente ainda aguenta bastante tempo de vida.