Review TCL C825 | Uma smart TV premium que dispensa soundbar

Por Ramalho Lima (Maldditu Xavier) | Editado por Léo Müller | 21 de Setembro de 2022 às 16h02
Ivo Meneghel Jr/ Canaltech

A C825 é uma smart TV QLED que possui retroiluminação de Mini LEDs e oferece diversos recursos de melhoria de imagem, além de áudio com qualidade acima da média.

Eu testei a variante de 55 polegadas da TCL C825 por alguns dias e vou detalhar todos os principais recursos desta smart TV, assim como seus pontos positivos e negativos. Ao longo desta análise, você poderá avaliar se realmente vale a pena comprar a C825 de 55 polegadas, que está custando entre R$ 4.200 e R$ 4.800.

Prós

  • Ótima qualidade de imagem
  • Retroiluminação por Mini Leds
  • Soundbar 2.1 da Onkyo integrada
  • Sistema operacional moderno
  • Compatível com Dolby Vision IQ
  • Compatível com Dolby Atmos
  • Excelente construção e acabamento
  • Webcam integrada
  • Wi-Fi 6

Contras

  • Requer muitos ajustes para a imagem ficar ideal
  • Sistema parece lento às vezes
  • Mini LEDs apresentam mesmas falhas de outros modelos

Design e dimensões

A TCL C825 é uma smart TV QLED com construção robusta e design impecável. A TV tem bordas muito finas, sendo que somente a borda inferior não segue esse padrão por abrigar o sistema de som embutido no aparelho.

A C825 tem bordas bem finas e visual elegante. (Imagem: Ivo Meneghel/Canaltech)
  • Dimensões: 75 x 123 x 8 cm (Altura x Largura x Profundidade);
  • Peso: 22,2 kg.

Em volta da tela, há um estreito espaço escuro, seguido de uma linha prateada no mesmo padrão da moldura, que é feita de alumínio com textura de aço escovado. Na parte inferior da moldura, como um prolongamento do painel que fica por trás da tela, temos a soundbar integrada, com seus dois alto-falantes cobertos por uma malha de tecido na cor acinzentada, combinando com o resto da TV.

A soundbar da Onkyo surge como um prolongamento do painel traseiro da TV. (Imagem: Ivo Meneghel/Canaltech)

A TCL C825 não é uma TV fina ou leve, justamente por trazer esse sistema de som 2.1 da japonesa Onkyo integrado ao produto, cujo subwoofer fica localizado bem atrás da TV. O modelo que testei, com 55 polegadas, pesa pouco mais de 22 kg.

Conectividade

A TCL C825 é muito bem servida de conexões. Em sua traseira, do lado direito, temos apenas o conector para o cabo de força.

Do lado esquerdo da TV, temos as entradas e saídas dispostas lateralmente, para que os cabos e dispositivos conectados não esbarrem na parede:

  • Portas HDMI: 4, sendo duas delas 2.1 (4K/120 Hz) e uma delas eARC/ARC;
  • Portas USB 2.0: 2;
  • Porta Ethernet RJ45 (cabo de rede): 1;
  • Entrada RF para antena/TV a cabo: 1;
  • Porta P2 para fones de ouvido: 1;
  • Saída analógica AV: 1;
  • Saída de áudio digital (óptica): 1.
Fora a alimentação, todas as coneções da TCL C825 ficam na lateral esquerda da TV. (Imagem: Ivo Meneghel/Canaltech)

As conexões sem fio da C825 incluem Bluetooth 5.2, Wi-Fi dual-band (2.4 GHz e 5.0 GHz) e Wi-Fi 6, que é um ponto muito positivo para fãs de jogos eletrônicos, já que essa conexão conta com mais estabilidade e menor latência que as demais.

Tela

A TCL C825 é uma smart TV QLED premium, que visa disputar mercado com os modelos mais avançados de outras marcas. Por isso, ela traz uma tela QLED com pontos quânticos e retroiluminação baseada em Mini LEDs. Os Mini LEDs são responsáveis por iluminar toda a tela, proporcionando mais brilho, ao mesmo tempo em que entregam níveis de preto muito mais profundos, quando estão desligados.

A TCV possui ótima uniformidade de cor, o que evita imagens manchadas. (Imagem: Ivo Meneghel/Canaltech)
  • Tamanho da tela: 55 ou 65 polegadas;
  • Tipo de painel: VA;
  • Resolução: 4K (3840 x 2160 pixels);
  • Tecnologia do painel: QLED com pontos quânticos;
  • Iluminação do painel: Mini LEDs;
  • Taxa de atualização: 120 Hz;
  • Recursos de melhorias de imagem: Dolby Vision IQ, HDR10+, IMAX Enhanced, VRR (taxa de atualização variável).

A TV é compatível com o HDR10+ e oDolby Vision IQ, a versão mais avançada deste recurso atualmente, capaz de ajustar a intensidade do brilho, contraste e os níveis de cores, tanto em relação à cena, como em relação à iluminação do ambiente.

Outro recurso encontrado na TCL C825 é o IMAX Enhanced, que faz com que o conteúdo compatível preencha mais o espaço da tela da TV, reduzindo aquelas barras pretas em cima e embaixo da imagem.

A retroiluminação por Mini LEDs favorerece níveis de preto mais profundos. (Imagem: Ivo Meneghel/Canaltech)

A C835 ainda se destaca pela ótima uniformidade de cor e pela taxa de atualização de 120 Hz. Outro recurso ainda suaviza o conteúdo gravado com poucos quadros por segundo, como filmes, deixando as imagens mais fluidas. A TV tem ângulo de visão bastante aceitável, mas, quando ficamos de lado, e quando o recurso “local dimming” está no alto, podemos perceber o efeito "blooming" em determinadas cenas.

"A TCL C825 entrega ótima qualidade de imagem por todas as tecnologias incluídas no painel da TV e recursos extras. No entanto, o usuário terá que investir algum tempo calibrando a tela até obter a imagem ideal."

— Ramalho Lima (Maldditu Xavier)

Recursos para gamers

A TCL C825 possui duas portas HDMI 2.1, úteis para executar jogos em 4K e até 120 FPS, seja em PCs ou consoles de nova geração, como o PS5 e o Xbox Series X/S. Outros recursos que melhoram a experiência com jogos são o modo de baixa latência automático e o VRR (taxa de atualização variável).

Sistema operacional e controle remoto

A TCL C825 vem com o Google TV, uma evolução do Android TV, neste caso, baseada no Android 11.

O Google TV recebeu alguns aprimoramentos em relação ao Android TV, para ficar mais moderno, mais organizado e mais inteligente. O sistema disponibiliza o conteúdo por gênero, se baseando no gosto do usuário. Isso é um ponto positivo quando comparado a sistemas que organizam o conteúdo com base nas plataformas de streaming.

Tela de configuração do Google TV. (Imagem: Ivo Meneghel/Canaltech)

A navegação é bem fácil, sendo que, na parte superior, há abas de acesso rápido, como pesquisa, filmes, programas, aplicativos e biblioteca, que reúne seus favoritos. Esse tipo de navegação é muito mais simples e eficiente do que o sistema de menus, que fica escondido nas plataformas de streaming. O controle remoto até conta com um botão dedicado para adicionar conteúdo à biblioteca do usuário, o que facilita a tarefa.

A base da TV é inteiramente feita de metal, para mais firmeza e segurança. (Imagem: Ivo Meneghel/Canaltech)

No mais, eu posso dizer que o Google TV é um sistema que facilita bastante a interação do usuário com a TV. O único ponto negativo, no caso da C825, é que eu achei que o sistema ficava lento às vezes. Esse problema, talvez, seja resolvido por meio de atualizações futuras. Contudo, é importante nunca comprar qualquer produto com a expectativa de que problemas de software serão consertados com atualizações.

Webcam integrada à TCL C825. (Imagem: Ivo Meneghel/Canaltech)

Por fim, a C825 traz um recurso bem interessante, que é uma webcam Full HD integrada, que se conecta magneticamente ao equipamento. Apesar de não ser uma funcionalidade essencial, a câmera integrada agrega e ajuda a elevar o nível de um produto premium.

Controle remoto

O controle remoto da TCL C825 é bem completo, com botões úteis à navegação, e sem ser poluído. Eu só achei ele um pouco comprido demais, mas nada tão incômodo.

São três botões por fileira, mais uma seção com atalhos para plataformas de streaming populares (Netflix, Prime Video, Globo Play, Disney Plus e YouTube) e mais o TCL Channel, que é a plataforma de conteúdo gratuito da TCL.

Sistema de som

Um dos maiores destaques da TCL C825 é sua soundbar 2.1 integrada, desenvolvida pela japonesa Onkyo.

Som estéreo: 2.1 canais (satélites + subwoofer);

  • Potência máxima: 50 W RMS;
  • THD: 7%;
  • Recursos compatíveis: Dolby Atmos.
O subwoofer fica localizado na traseira da TV. (Imagem: Ivo Meneghel/Canaltech)

Os dois alto-falantes têm 15 Watts, cada, e o subwoofer tem 20 Watts, totalizando 50 W RMS. Isso é potência suficiente para substituir qualquer soundbar de entrada do mercado.

O sistema de som da TV proporciona áudio limpo, com frequências bem equalizadas e graves potentes, excelentes para filmes, séries, jogos e músicas.

"Considerando que grande parte das soundbars de entrada possuem áudio de baixa qualidade, o sistema de som 2.1 da Onkyo incluído da TCL C825 significa uma economia para os usuários, que não precisarão investir em sistemas de som externos de imediato."

— Ramalho Lima (Maldditu Xavier)

Concorrentes diretos

Uma boa concorrente para a TCL C825 é a Samsung Neo QLED QN55QN85A, que também tem tecnologia de pontos quânticos, além de HDR10+, VRR (FreeSync Pro), Google Assistente, Alexa, uma porta HDMI 2.1, controle remoto que dispensa o uso de pilhas, áudio com Dolby Digital Plus, de 2.2.2 canais e potência de 60 W RMS.

A Samsung Neo QLED QN55QN85A pode ser encontrada com preços a partir de R$ 5.200.

Vale a pena comprar a TCL C825?

A TCL C825 é uma smart TV QLED premium que traz diversos recursos que melhoram a imagem, além de inúmeras possibilidades de ajustes, para que o usuário possa realizar uma calibração mais personalizada. A TV também conta com um sistema de som de ótima qualidade, compatível com Dolby Atmos, capaz de substituir soundbars ou caixas de som de entrada, que seriam um gasto a mais.

Como pontos fracos, eu cito lentidão ocasional no sistema, necessidade de muitos ajustes para melhorar a qualidade da imagem e o efeito blooming quando a tela é vista de lado.

Mesmo assim, a TCL C825 oferece muitos recursos a um preço bastante atrativo em seu segmento.

Outro modelo de smart TV QLED bastante interessante é a Samsung Neo QLED QN55QN85A, que traz controle remoto recarregável via luz ambiente ou luz solar.