Review JBL Cinema SB110 | Uma soundbar com subwoofer embutido

Por Jucyber | Editado por Léo Müller | 14 de Janeiro de 2022 às 08h40
Ivo Meneghel Jr/ Canaltech

A soundbar JBL Cinema SB110 tem como principal característica física o fato de ser compacta. Isso porque a fabricante escolheu embutir todas as frequências sonoras dentro da barra para evitar o excesso de peças para a montagem de um setup de áudio na sala de casa.

Na prática, essa decisão de construção permite que o aspecto geral do ambiente seja minimalista. Em contrapartida, a instalação do subwoofer embutido pode fazer com que o som não seja emitido da maneira esperada, já que toda distribuição do áudio é feita no mesmo compartimento.

Todavia, existem diferenciais que podem chamar a atenção de quem está em busca de uma soundbar e tem confiança na JBL. Será que vale a pena comprar a JBL Cinema SB110? Confira a nossa análise completa.

Confira o preço atual da JBL Cinema SB110

Prós

  • Bom volume geral
  • Instalação simples
  • Subwoofer embutido

Contras

  • Leve chiado no volume máximo
  • Grave mediano
  • Preço

Design e construção

Assim como outras soundbars, a JBL Cinema SB110 não possui aspectos físicos que a diferenciem. Porém, o fato de ser compacta em altura se reverte em vantagem para o usuário, pois ela não fica atrapalhando o sinal infravermelho do controle de quem a utiliza em conjunto com a TV em um rack.

  • Dimensões (L x P x A): 95 x 5,5 x 9 cm;
  • Peso: 2,6 kg.

Além disso, existem alguns elementos que demonstram a praticidade que ela foca em dar no uso diário. Um deles são os dois pés em plástico que possuem a base emborrachada para facilitar a fixação no móvel.

Na frente, existem algumas luzes de LED para indicar o tipo de conexão que está em uso. Porém, o tamanho do ponto de iluminação dificulta a compreensão de qual função está em execução na soundbar.

JBL Cinema SB110 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Por isso, o ideal é estar sempre com o controle em mãos para se nortear. Na minha opinião, seria mais interessante se o modelo tivesse um indicativo mais legível, como vemos na JBL Bar 5.1 surround e na LG SP9A.

A barra de som possui 4 alto-falantes, sendo dois focados na execução de frequências agudas e médias e as outras duas dos subwoofers para execução de graves com mais força. No topo, estão os cinco botões de controle da JBL Cinema SB110 para ligar a soundbar, trocar a conexão, equalizar e ajustar o volume.

Além da SB110, a JBL fornece na embalagem os cabos HDMI e de força, bem como o controle remoto para ajuste das opções complementares.

"A JBL Cinema SB110 é leve e tem o design compacto atraente para quem prefere uma soundbar mais discreta."

— Jucyber

Controle remoto

A JBL Cinema SB110 possui um controle remoto próprio para acessar opções pontuais. O acessório é compacto e tem treze botões complementares aos ajustes que podem ser feitos diretamente na barra de som.

Alguns deles são focados em alterações mais simples e outros servem de atalho para acessar opções de áudio e conexão. Veja quais são:

  • Botão power
  • Silenciador
  • Ajustes de volume “+” e “-”
  • Avançar ou retroceder
  • Play e pausa
  • Bluetooth
  • Óptica
  • HDMI
  • Filme
  • Música
  • Notícias

A energia do controle remoto é fornecida por uma bateria no padrão “moeda” de 3V. A principal vantagem em comparação com as pilhas é o fato de manter o equipamento leve.

Bateria e conectividade

A barra da JBL Cinema SB110 tem em sua parte traseira as conexões físicas HDMI ARC para conectar a barra à TV via cabo e proporcionar um áudio de maior qualidade. Além disso, existem as opções de entrada óptica e USB-A.

Em relação às conexões sem fio, a soundbar possui o Bluetooth 4.2, que é um pouco mais antigo, mas permite a utilização dela como um amplificador de som para o celular, tablet e outros dispositivos portáteis.

Botões de atalho e o LED indicativo de conectividade da JBL Cinema SB110 (Imagem: Ivo/Canaltech)

"A JBL Cinema SB110 tem um número limitado de conexões físicas, mas isso é compensado pela presença do Bluetooth que dá a versatilidade esperada pelo usuário para um produto desse formato de uso. Afinal, conseguir tocar as músicas favoritas em uma soundbar potente faz muita diferença."

— Jucyber

Qualidade de som

Em geral, a qualidade sonora da JBL Cinema SB110 faz dela uma soundbar equilibrada, mas não dá para classificá-la como ótima. A potência total dela é de 55 W, sendo dois alto-falantes de 14 W (cada) e 2 subwoofers embutidos de 13,5 W (cada).

Dessa forma, o usuário tem acesso a todas as frequências sonoras no mesmo compartimento, já que a barra não conta com uma caixa complementar para uso dos subgraves, como vemos na JBL Cinema SB160, por exemplo.

A experiência de áudio é interessante, mas poderia ser melhor. Isso porque há uma clareza importante na reprodução de narrativas, o agudo é equilibrado e muito bem aproveitado na execução de músicas.

O som da JBL Cinema SB110 é alto mas sem destaques (Imagem: Ivo/Canaltech)

Entretanto, o fato de o subwoofer ser incorporado na barra de som faz com que o grave se sobressaia ao agudo em diversos momentos. Isso deixa a sonoridade “abafada”, porque fica forçando as frequências menores mesmo em situações em que não há necessidade.

O grave também não possui um grande destaque quando a presença dele se faz necessária, pois ele é mediano em qualidade geral. O volume máximo da JBL Cinema SB110 é alto, mas não chega ao ponto de incomodar os ouvidos.

Porém, dá para sentir um leve chiado quando ele está explorando a potência total. Não é nada que atrapalhe a experiência sonora, mas é perceptível por quem tem ouvidos mais sensíveis.

Ficha técnica

  • Dimensões (L x P x A): 95 x 5,5 x 9 cm;
  • Peso: 2,6 kg.
  • Versão do Bluetooth: 4.2;
  • Potência de saída: 55 watts RMS;
  • Transdutor: 1 barra com dois drivers de 14 W (cada) e 2 subwoofers embutidos de 13,5 W (cada);
  • Cor: preto;
  • Energia: bivolt.

Concorrentes diretos

Existem algumas alternativas interessantes para quem deseja uma experiência mais aprimorada do que a obtida com a JBL Cinema SB110. Dentro da própria fabricante, uma concorrente à altura dela já pode ser encontrada.

Trata-se da JBL Cinema SB130, que tem como principal diferencial o fato de ter um formato de reprodução de áudio em 2.1 canais. Isso porque a barra de som possui um subwoofer separado para ajudar a potencializar a sonoridade.

Uma grande vantagem disso é que o grave não vai atrapalhar a execução de outras frequências, assim como acontece na SB110. A potência geral da SB130 é a mesma vista no produto analisado neste texto — 55 W —, então a escolha fica por conta da força embutida nas frequências mais baixas.

Entretanto, a diferença de R$ 150 entre os dois modelos pode fazer o público se sentir mais interessado em comprar a SB110 que custa uma média de R$ 749 ao invés da SB130 que pode ser vista por R$ 899 em algumas varejistas.

JBL Cinema SB130 (Divulgação: JBL Brasil)

Outra opção atrativa é a Samsung HW-T450, pois o modelo da sul-coreana, assim como a SB130, também tem 2.1 canais. Porém, a potência geral é muito superior aos modelos disponibilizados pela JBL, pois tem 200 W.

Além dessa vantagem, ela tem um indicador de recurso na parte frontal para ajudar o usuário a saber qual é a opção de equalização em uso na soundbar. Por ter um volume bem alto, a reprodução de alguns efeitos pode sofrer distorções inesperadas.

Todavia, o som emitido pela barra faz com que a recepção sonora seja muito melhor. Além disso, a força do subwoofer é capaz de compensar algumas tonalidades que a HW-T450 teria dificuldade de emitir sem o equipamento complementar.

Apesar de custar uma média de R$ 890, é importante considerar as configurações obtidas nela e o que é entregue na prática para saber se vale a pena desembolsar mais um pouco de dinheiro para adquirir esse modelo.

Samsung HW-T450 (Divulgação: Samsung Brasil)

A JBL Cinema 110 vale a pena?

A JBL Cinema SB110 é uma soundbar que consegue entregar bons pontos positivos para a experiência de uso. Um deles está no fato de ser apenas uma barra para a reprodução do áudio, o que deixa o ambiente mais minimalista.

Entretanto, o fato de ter o subwoofer embutido faz com que o grave tente se sobressair e acabe atrapalhando a identificação das outras frequências. Dessa forma, o som pode sair um pouco “embolado”.

O agudo até tem uma qualidade atrativa e consegue dar a clareza necessária na voz, seja em músicas ou em séries. Porém, o grave mediano não permite que a qualidade de som da SB110 chame a atenção em geral, e faz com que o preço de R$ 749 seja muito alto em comparação ao que ela entrega.

JBL Cinema SB110 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Sendo assim, para quem prefere uma soundbar da marca que seja mais completa e com melhor sonoridade em geral, a SB130 pode ser uma opção mais interessante com um valor um pouco mais alto, por volta de R$ 899.

Porém, se preferir uma alternativa com mais potência, a Samsung HW-T450 pode ser atrativa para o seu gosto e bolso por uma média de R$ 890.

Gostou da JBL Cinema SB110? Então, confira a oferta que separamos para você no link abaixo:

Se preferir a alternativa, confira a soundbar em oferta no link abaixo: