Review FreeBuds Pro 2 | Cancelamento de ruído é o destaque

Por Felipe Junqueira | Editado por Léo Müller | 04 de Outubro de 2022 às 17h29

clique para compartilhar

Link copiado!

Freebuds Pro 2
ver mais

O Huawei FreeBuds Pro 2 foi lançado no Brasil com promessa de alta fidelidade sonora e até 30 horas de reprodução de música com uma carga.

O fone TWS mais avançado da marca conta com tecnologias de hardware e software para reproduzir som limpo e distinguível. O dispositivo foi desenvolvido em parceria com a francesa Devialet, especializada em áudio.

Será que esses fones de ouvido da Huawei entregam tudo o que prometem? Eu testei o Huawei Freebuds Pro 2 e conto o que achei do dispositivo nesta análise.

Prós

  • Bom cancelamento de ruído ativo
  • Graves bastante destacados
  • Equalizador no app
  • Fácil alternância entre dispositivos pareados

Contras

  • Integração não muito natural com celulares
  • Duração de bateria abaixo do previsto

Design e Construção

O Huawei FreeBuds Pro 2 repete o design de seu antecessor. Ou seja, ainda é bastante inspirado no Apple AirPods Pro, da Apple. O fone de ouvido tem hastes curtas, e é nelas que ficam os controles por toque.

E como é um modelo Pro, não surpreende que seja um fone intra-auricular. Ao menos já tem ponteiras em três tamanhos na caixa, sendo que a média já está instalada. Você pode trocar por uma opção menor ou maior.

Para se diferenciar do rival da Apple, o FreeBuds Pro 2 tem detalhes na cor preta nas laterais de cada lado. Dependendo do ângulo que você pega o fone, fica parecendo um pássaro com o bico redondo.

O estojo tem um botão no lado direito, para o pareamento com celular, PC e outros dispositivos. Seu formato é quase oval, e ele não para “em pé” na bancada. Há LEDs de indicação na parte inferior, entre os dois fones, e na inferior, ao lado do conector USB-C.

Achei o Huawei FreeBuds Pro 2 confortável para usar por um longo período. Eu não gosto muito de fones intra-auriculares, mas consegui ficar com eles por cinco horas, e só revezei cada lado depois de cerca de três horas de uso para descansar o canal auditivo.

Conectividade

O Huawei FreeBuds Pro 2 tem uma função de conectividade instantânea com o celular, mas é limitado a modelos da própria marca chinesa. Ou seja, dificilmente algum usuário brasileiro poderá aproveitar tal funcionalidade.

A conexão com iPhone é bem fácil, se você usar o app AI Life. Curiosamente, o mesmo não acontece com o Android. O app existe na Play Store, mas está desatualizado, e é preciso fazer um update “por fora” para funcionar corretamente.

Para isso, é necessário ir nas configurações do aplicativo e fazer “por fora” da loja. Só aí o fone TWS será listado. Usuários menos habituados, pode achar isto um problema, enquanto os mais avançados não devem se incomodar muito.

O AI Life permite que você veja informações de carga de cada lado do fone e do estojo. Ele mostra até quais dispositivos estão pareados com o fone de ouvido. E tem o equalizador, para dar mais destaque em graves, agudos ou na voz, além de criar ajuste personalizado.

Também é bem fácil trocar o dispositivo de saída de áudio do fone de ouvido pelo aplicativo da Huawei. Ele lista com quais aparelhos o FreeBuds Pro 2 está pareado e você pode selecionar em qual quer que a música seja reproduzida.

Qualidade de som

Se você gosta de graves destacados, é bem provável que fique feliz com o som do FreeBuds Pro 2. É verdade que o dispositivo não consegue distinguir os instrumentos de uma música tão bem quanto os AirPods Pro ou o Sony WF-1000XM4, mas o resultado é satisfatório.

Isso acontece porque não há áudio espacial no FreeBuds Pro 2. E isso afeta também a reprodução de vídeos, já que o som não fica tão envolvente.

É possível reduzir um pouco os graves se você se incomodar com o destaque no equalizador do AI Life. Eu cheguei a testar as diferentes configurações e, sinceramente, não consegui sentir tanta diferença no destaque de graves ou agudos.

Aliás, para quem gosta de músicas com agudos marcantes, talvez seja melhor procurar outro fone de ouvido. Não que ele seja ruim nas altas frequências, mas não é o forte dele.

Este fone de ouvido consegue reproduzir sons entre as frequências de 14 Hz e 48 kHz.

Cancelamento de ruído

O Huawei FreeBuds Pro 2 tem três opções de controle de ruído: cancelamento de ruído, desativado e reconhecimento. O primeiro isola bastante o usuário de sons externos, para um foco maior no som que sai dos fones de ouvido.

O cancelamento ativo tem quatro modos: dinâmico, aconchegante, geral e ultra. O primeiro se ajusta automaticamente com base no ruído do ambiente; enquanto os outros três vão de locais com menos barulho para os extremamente barulhentos.

Não consegui fazer testes muito aprofundados para dizer com precisão se faz mesmo diferença escolher o modo correto. Mas me parece que o ideal é manter na opção dinâmica, que ajusta o cancelamento conforme a quantidade de ruído do ambiente.

O controle de ruído é um cancelamento bem suave. Você ainda escuta alguns sons ao redor, mas ele abafa mais do que no desativado. Além disso, tem o modo voz, para você escutar tudo o que alguém fala por perto, sem perder suas músicas.

Cancelamento de ruído ativo é o grande destaque do FreeBuds Pro 2, que tem som potente, mas peca em distinguir bem cada instrumento das músicas

Felipe Junqueira

Bateria

A Huawei promete até 30 horas de reprodução de áudio com o estojo de carregamento. Porém, acho que a estimativa está um pouco acima do que o mundo real proporciona.

Testei os fones de ouvido no YouTube Music, com qualidade de música alta. E o FreeBuds Pro 2 aguentou quase 5 horas ininterruptas de música. Uma recarga, que durou menos de meia hora, consumiu aproximadamente 22% da bateria do estojo.

Ou seja, é possível fazer pouco mais de quatro recargas, e escutar aproximadamente 22 horas de música em alta qualidade, com 50% do volume. E isso com o cancelamento de ruído desativado, que é justamente a opção que deveria entregar as 30 horas.

Apesar de não atingir o prometido pela fabricante, as cerca de 20 horas de reprodução não é ruim. A recarga é feita rapidamente, e você pode fazer pequenas recargas no estojo durante o dia, também.

Concorrentes Diretos

Pelo preço de lançamento da Huawei, o FreeBuds Pro 2 concorre com Sony WF-1000XM4, Apple AirPods Pro e Buds 2 Pro. Todos eles têm alguma vantagem sobre o modelo da marca chinesa.

O modelo da Sony tem excelente qualidade e é considerado um dos melhores fones TWS do mercado atualmente. E pode ser encontrado na mesma faixa de preço do FreeBuds Pro 2, que é de R$ 1.300.

O da Apple tem preço mais salgado, em torno de R$ 1.700. Também tem qualidade de som superior, no geral, com distinção de instrumentos melhor — assim como no WF-1000XM4.

Por fim, a alternativa da Samsung tem um app completo, com ajustes bacanas e equalizador potente. E também fica na mesma faixa dos modelos de Sony e Huawei, de R$ 1.300. Escolha apenas pelo preço não fica muito fácil, de fato.

Estojo de transporte do fone FreeBuds Pro 2

Ivo Meneghel Jr/ Canaltech

Huawei Freebuds Pro 2: vale a pena?

O Huawei FreeBuds Pro 2 tem boa qualidade de som e ótimo cancelamento de ruído. Fica devendo um pouco na duração da bateria, que fica um pouco abaixo do prometido pela fabricante, e na conectividade com o Android, que não é tão simples quanto nos concorrentes.

Além disso, achei que o equalizador muda pouco o som do fone de ouvido. O destaque dos graves já é bastante intenso, e aumenta bem pouco na opção relacionada. Os agudos e a voz pouco alteram também em cada modo.

O preço de lançamento do fone de ouvido é de R$ 1.300, valor pelo qual você consegue encontrar o Sony WF-1000XM4. A opção da marca japonesa é mais completa, com som de maior qualidade e também tem ótimo cancelamento de ruído.

Ainda assim, achei o FreeBuds 2 Pro um bom par de fones de ouvido. Pelo preço que chegou ao Brasil, é mais ou menos o que você pagaria em seus concorrentes diretos.