Review Anker Soundbuds Sport NB10 | Envelheceu bem, mas já pode se aposentar

Por Diego Sousa | Editado por Léo Müller | 19 de Janeiro de 2022 às 09h25
Ivo/Canaltech

O Anker Soundbuds NB10 é um fone Bluetooth voltado para esportistas vendido desde 2016. Mas, afinal, o que ele tem de especial para ainda estar disponível no mercado? Conto tudo neste review!

Antes de começarmos, aviso sempre que, caso você se interesse pelo Anker Soundbuds Sport NB10 ao final desta análise, deixarei links de compra confiáveis para você adquiri-lo. Vamos nessa?

Prós

  • Design
  • Ajuste na cabeça
  • Autonomia de bateria
  • Graves

Contras

  • Frequências desequilibradas
  • Preço
  • Tempo de vida

Construção e design

A Anker deixa claro em seus materiais de divulgação que o foco do Soundbuds Sport NB10 são os esportistas. Obviamente, você também pode usá-lo no dia a dia por, primeiro, se tratar de um fone Bluetooth, mas, antes de tudo, considere-o apenas se estiver procurando um modelo para atividades físicas.

A proposta do produto ficou evidente logo no meu primeiro contato com ele: feito de borracha, ele tem uma aparência mais agressiva, ainda trazendo botões físicos na carcaça e fones consideravelmente espessos, bem “à moda antiga”.

O design do Soundbuds Sport NB10 é antigo, porém ainda robusto (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)

Isso, de forma alguma, é um problema, até porque ele passa uma sensação de robustez que normalmente não vemos em modelos Bluetooth mais recentes. Além disso, há certificação IPX5, que o protege contra poeira e respingos d’água, sendo ótimo em dias de trilha e exercícios intensos.

O Sport NB10 é do tipo intra-auricular, mas ele até que não entra muito no canal auditivo como acontece em outros fones de tipo. Talvez seja por conta das borrachinhas maiores ou simplesmente a intenção da empresa.

Ainda assim, o produto fica bem preso no ouvido devido à alça de borracha que prende os dois fones. Ela não é flexível, porém é confortável e não faz pressão na nuca. O material também não me causou coceira mesmo após suar bastante nessa área.

O ajuste FitClip regula bem a alça na parte de trás da cabeça (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)

O trabalho duro fica com o clipe de silicone FitClip, que serve para regular a alça na cabeça — praticamente, ele que deixa o acessório mais folgado ou apertado. Eu gostei do encaixe e da segurança do Soundbuds Sport NB10, mas tive dificuldades de regulá-lo sozinho, pelo menos nos primeiros dias.

Botões e funções de toque

Os três botões físicos do Soundbuds Sport NB10 ficam no fone direito. O do meio liga e desliga o produto, pausa e reproduz uma música, e atende ligações. Os dois da extremidade, por sua vez, controlam o volume.

A entrada micro USB também fica no fone direito e é visível ao tirar a vedação que a protege contra umidade. Estamos falando de uma conexão já ultrapassada na indústria e esquecida por muitos modelos mais atuais e equivalentes em preço, estes que já trazem USB-C.

Conectividade

Na conexão, o Soundbuds Sport NB10 tem Bluetooth 4.1 e alcance de até 10 metros, segundo a Anker. No tempo em que mantive o fone e o smartphone próximos, não notei nenhum problema de conexão ou mesmo alta latência.

Entretanto, bastou distanciar os dois alguns metros para notar alguns engasgos nas reproduções de música. Resumindo, ele não será um problema se você mantiver seu celular e fone bem próximos.

Vale mencionar, também que o Soundbuds Sport NB10 funciona com iPhones, notebooks e PCs compatíveis com Bluetooth. Entretanto, ele não conta com um aplicativo dedicado.

"O Anker Soundbuds Sport NB10 tem um design mais agressivo, bem característico de fones mais velhos. Entretanto, é robusto e traz certificação contra respingos d'água e poeira, ideal para a prática de esportes."

— Diego Sousa

Qualidade sonora e microfone

Bom, agora vamos ao que realmente importa num fone de ouvido: qualidade sonora.

Com um driver de 12 mm, o Soundbuds Sport NB10 tem um perfil mais fechado, que busca realçar os graves, tal qual os fones mais básicos da JBL. Particularmente, gosto dessa assinatura musical, mas acredito que a Anker exagerou um pouco por aqui.

Em “Dance In The Dark”, da Lady Gaga, o fone da Anker não mostra brilho tanto nos vocais da cantora quanto nos efeitos mais altos, apenas batidas exageradas. A experiência acaba soando sem vida, já que os graves se sobressaem sobre as outras frequências.

A qualidade sonora do Soundbuds Sport NB10 é extremamente básica, mas apresenta graves exagerados (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)

O Soundbuds Sport NB10 também sofreu para reproduzir “Tragic Kingdom”, da banda No Doubt, embolando todos os instrumentos da canção e deixando o vocal da Gwen Stefani muito tímido. Geralmente, fones mais baratos penam para passar nesse teste com êxito.

Agora, se você curte músicas mais voltadas para o grave, o fone da Anker não deve decepcionar, mesmo que ainda seja possível perceber uma limitação no driver de som. “NDA” e “Oxytocin”, ambas da Billie Eilish, apresentam batidas encorpadas, mas a voz da cantora soa um pouco abafada.

No geral, o som do Soundbuds Sport NB10 se assemelha a fones Bluetooth bem básicos, mesmo, abaixo de R$ 200. Para usuários menos exigentes e que buscam apenas o básico, ele deve servir muito bem.

Bateria e carregamento

Na bateria, a Anker promete até seis horas de reprodução de música. Não é uma autonomia que se destaca em meio a muitos modelos atuais com até 10 horas, mas até que não ele não faz feio.

Nos meus testes, com o volume entre 50% e 60%, quase completei uma semana com apenas uma carga, usando-o por cerca de uma hora por dia apenas para treinar. Ele não me decepcionou nesse quesito, mesmo que a duração total seja inferior às seis horas prometidas pela Anker.

O Soundbuds Sport NB10 ainda traz um conector microUSB, porém não tive problemas por conta da boa bateria (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)

Com relação ao carregamento, infelizmente o conector microUSB não oferece uma velocidade tão rápida quanto o USB-C. Ainda assim, considerando que eu o carreguei durante a noite apenas uma vez durante o teste, não tive nenhum problema.

Ficha técnica

  • Peso e dimensões: 19 gramas / 25 x 48 x 405 mm;
  • Conexão: MicroUSB;
  • Bateria: até 6 horas;
  • Bluetooth: 4.1;
  • Recursos extras: nenhum;
  • Certificação: resistente a respingos d'água por classificação IPX4;
  • Cores: preto;
  • Conteúdo da caixa: fones, manual, cabo microUSB, borrachinhas extras, clipe ajustável e bolsinha de carregamento.

Concorrentes diretos

De 2016 para cá foram lançados muitos fones de ouvido com foco em esportistas e de diferentes faixas de preço, portanto não é muito difícil encontrar um modelo melhor que o Soundbuds Sport NB10.

Em sua faixa de preço, por exemplo, vale destacar o JBL Endurance RUNBT, que também possui bateria de até seis horas, corpo à prova de suor e encaixe firme, porém se destaca pelo som de maior qualidade.

Outro modelo que oferece qualidade sonora superior ao Soundbuds Sport NB10 é o Sony WI C200. Podendo ser encontrado por menos de R$ 200, ele tem bateria de até 15 horas, carregamento rápido e design menos agressivo.

Vale a pena comprar o Anker Soundbuds Sport NB10?

O Anker Sport NB10 é um fone Bluetooth que envelheceu muito bem. Apesar de muito básico e antigo, ele não me decepcionou em nenhum quesito e tem boa construção, bateria agradável e qualidade sonora ok para o segmento básico.

Ainda assim, é difícil recomendar o fone antigo da Anker ao ter modelos mais atuais que entregam conexões mais recentes, som melhor e um visual mais agradável, tudo isso custando menos. Os fones citados acima são só alguns dos exemplos.

Eu ficaria animado se a Anker decidisse lançar uma nova geração do Soundbuds Sport NB10, já com porta USB-C, bateria de maior duração e drivers de som atualizados. Ele certamente continuaria o bom legado do fone de 2016.