Eleições 2022 | Como ver os temas mais pesquisados sobre cada candidato

Por Kris Gaiato | Editado por Guadalupe Carniel | 30 de Agosto de 2022 às 09h10

clique para compartilhar

Link copiado!

Tudo sobre Google
ver mais

Se você quer se informar sobre as Eleições de 2022 e os temas mais pesquisados sobre os candidatos à presidência, o Google Trends pode te ajudar. A ferramenta, que permite verificar a tendência de busca dos usuários, ganhou uma página dedicada ao cenário político.

A Central Google Trends - Eleições 2022 reúne, em tempo real, dados que detalham o interesse de busca do público quanto aos candidatos e aos partidos. Entre eles, está a taxa de pesquisas sobre um determinado candidato e a sua incidência em cada estado, sub-região e cidade.

1. Para usar a funcionalidade, acesse a página do Central da Eleição;

2. Em algumas seções, é possível obter dados adicionais ao arrastar o cursor do mouse sobre os resultados, números e gráficos. Em outros casos, você verá o comando "Ver" para obter mais detalhes.

O mais interessante, porém, está ao final da página. Mais precisamente, após a indicação “Veja o que os usuários da Busca no Brasil querem saber sobre os candidatos à Presidência”. Nessa seção, o Google Trends mostra os temas mais pesquisados sobre cada indivíduo, bem como o volume de buscas, nos últimos sete dias.

Logo após, estão os gráficos. Eles reúnem e comparam informações apresentadas anteriormente. O primeiro da lista, que inclui o interesse de busca dos presidenciáveis, permite ajustar o período de análise. Assim, o usuário pode analisar a mudança do cenário político ao longo do tempo.

Há também como verificar detalhes sobre temas relacionados à eleição, como os planos de governo de cada presidenciável e os debates realizados até o momento. É possível encontrar até mesmo dúvidas mais práticas: “como votar com o e-título” e “como votar nas urnas eletrônicas” são exemplos.

É importante destacar que o panorama apresentado pelo Google considera apenas as buscas realizadas pelos usuários no buscador. Por não se tratar de uma pesquisa oficial, ela não representa a intenção de voto da população, tão somente os interesses de busca na plataforma.