NBA 2K23 | Vale ou não a pena jogar?

NBA 2K23 | Vale ou não a pena jogar?

Por Igor Pontes | Editado por Bruna Penilhas | 20 de Setembro de 2022 às 18h10
Imagem: Divulgação/2K Sports

NBA 2K23 chegou com bastante novidades. Desafios baseados em momentos-chave da carreira de Michael Jordan, a possibilidade de reviver eras marcantes da NBA, além de um novo e reformulado modo carreira.

O Canaltech passou os últimos dias em quadra para descobrir se vale a pena ou não adquirir a edição do simulador de basquete da Visual Concepts. Confira abaixo nossas impressões.

O problema da geração atual/próxima geração

O NBA 2K23 continua sendo a excelência quando se trata de basquete. (Imagem: Divulgação/2K Sports)

O NBA 2K23 é dividido em duas versões: Next e Current Gen. A geração atual engloba as versões de PC, PlayStation 4 e Xbox One. Enquanto a Next Gen, PlayStation 5, Xbox Series S e Xbox Series X. Segundo a Visual Concepts, desenvolvedora do jogo, o motivo para os computadores estarem de fora da "nova geração" foi para focar na otimização dos títulos para Xbox Series X e S e PS5.

O que parece ser uma escolha bem curiosa, visto que alguns computadores já são bem próximos das especificações dos consoles da próxima geração. Porém, entendemos que alguns jogadores não podem ficar de fora no PC. Mas não custava nada oferecer as duas versões para os computadores. De toda forma, se você quiser aproveitar a experiência completa do jogo, somente no PlayStation 5 e no Xbox Series X e S.

Dito isso, testamos o jogo no PlayStation 5, com uma cópia cedida gentilmente pela 2K Sports e devemos dizer que, apesar de tudo, a experiência continua ótima se você é fã de basquete.

O viciante MyCareer

Diferentemente da franquia FIFA, por exemplo, onde o modo carreira se limita a somente uma experiência de um jogador, o modo carreira do NBA 2K23 traz a possibilidade de enfrentar outros jogadores competitivamente de forma online, além de manter uma experiência solo ao jogar partidas na NBA.

Nessa versão, a história é simples, mas competente. Seu personagem é escolhido antes do queridinho da cidade, Shep Owens, e toda a sua experiência gira em torno de provar que você é o melhor. Uma rivalidade que se torna presente durante as missões do modo, onde você deve conquistar a The City, cidade fictícia que é o hub de missões do modo online.

Mesmo que a 2K Sports continue abusando do sistema de VCs para dificultar a vida dos jogadores no modo, ele continua sendo excelente quando se trata de expandir o que já deveria ter sido expandido tem bastante tempo. A imersão do modo na Next Gen é maravilhosa, ainda mais com a possibilidade de expandir os horizontes do seu personagem para além do basquete, transformando-o em um ícone da música ou em um ícone da moda.

Se existe um acerto em um modo que limita a evolução dos jogadores é a possibilidade de gastar muito tempo completando missões para adquirir aquela graninha extra para melhorar seu atleta. Na situação em que a moeda do jogo é essencial para a evolução do personagem, qualquer VC ajuda.

MyNBA mais interessante

O MyNBA Eras é um deleite para os mega fãs de basquete. (Imagem: Divulgação/2K Sports)

O MyNBA recebeu uma atenção bem interessante em NBA 2K23. Com o modo Eras, o jogador pode criar sua temporada dos sonhos para seu time preferido. Você pode começar a era de Michael Jordan na NBA, selecionado o jogador para o Detroit Pistons, por exemplo. Uma das grandes rivalidades pós-Jordan, foi Kobe Bryant e Shaquille O'Neal. A situação entre os dois se tornou drástica e Shaq saiu do Lakers depois de três títulos na associação.

O novo modo permite que você continue com a dupla vencedora unida no time, ou mudar completamente a formação da equipe depois da saída de O'Neal. Além da possibilidade de mudar a história, você também terá que jogar usando as regras da geração que você escolher. Desde as regulamentações à transmissão personalizada para cada período histórico, o novo modo é um prato cheio para os aficionados em basquete.

Infelizmente, o modo não está presente para PC, PlayStation 4 e Xbox One. Porém, se você tiver a versão de nova geração, considere dar uma chance ao MyNBA Eras, será bem interessante. Inclusive, é possível criar seu próprio personagem para jogar o modo, sendo possível você estar presente no Lakers de Kobe ou no Bulls de Jordan.

Mas afinal, vale ou não a pena jogar NBA 2K23?

Se você não quer pagar o preço cheio, espere uma promoção. (Imagem: Divulgação/2K Sports)

Adoraria poder dizer que a sua experiência no PC, PlayStation 4 e Xbox One será tão boa quanto a de alguém no PlayStation 5 e no Xbox Series S e Xbox Series X. Porém, são jogos completamente diferentes. Se você tiver um console da nova geração, a situação muda de figura.

O preço do jogo também não ajuda aos fãs de basquete, já que R$ 349 na edição base e quase R$ 500 na Michael Jordan Edition afasta bastante quem não consegue comprar jogos toda hora. Por isso, se você não for tão fã da franquia a ponto de querer jogar no lançamento, considere esperar as promoções. Geralmente durante os Playoffs da NBA, o jogo entra em promoção e sempre fica em um preço mais acessível.

Não negarei, NBA 2K23 é viciante, divertido, desafiador e te entrega muita coisa além do que só o jogo de basquete. Porém, a discrepância entre as versões, e também o valor, tem todo o direito de te afastar do jogo. Então, só compre no preço cheio se você for muito fã e vá jogar o MyTEAM e o MyCareer. Se não, espere uma promoção e desfrute desse excelente título.

No fim das contas, vale a pena, mas vai de você pagar o preço cheio por NBA 2K23 ou não. Mesmo comprando após o lançamento, ele não deixará de ser um excelente simulador de basquete.

NBA 2K23 está disponível para PC, PlayStation 5, PlayStation 4, Xbox Series S, Xbox Series X e Xbox One.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.