Microsoft tentou comprar Nintendo; ideia rendeu risadas

Microsoft tentou comprar Nintendo; ideia rendeu risadas

Por Lucas Arraz | Editado por Bruna Penilhas | 19 de Janeiro de 2022 às 12h35
Montagem/Reprodução/Canaltech/Nintendo/Microsoft

A Microsoft já fez uma proposta para comprar a Nintendo. A resposta, no entanto, foi diferente do que os executivos esperavam: os diretores da empresa japonesa riram da ideia.

Para a gigante norte-americana da tecnologia, comprar a Nintendo não seria impossível. A japonesa possui um valor de mercado atual estimado em U$ 54 bilhões (cerca de R$ 298 bilhões em conversão direta), U$ 15 bilhões a menos do que a Microsoft gastou na compra da Activision Blizzard.

Gráfico mostra valor de publicadoras do mercado de games que valem menos que Activision (Imagem: Canaltech/Lucas Arraz)

Não se sabe ao certo quando a Microsoft ofereceu comprar a companhia dona de franquias como Super Mario e The Legend of Zelda. De acordo com uma reportagem do Bloomberg, Kevin Bachus, ex-diretor de relações com terceiros da Microsoft, contou que a ideia foi elaborada por Steve Ballmer, ex-CEO da empresa.

“Steve nos fez encontrar com a Nintendo para ver se eles consideravam ser adquiridos”, disse Kevin Bachus. “Os executivos da Nintendo apenas riram pra caramba. Tipo, imagine uma hora de alguém apenas rindo de você. Foi mais ou menos assim que foi essa reunião”, completou.

A Microsoft tentou comprar diversas empresas durante o lançamento da primeira geração de Xbox, incluindo a Electronic Arts, Midway Games, Square Enix e a própria Nintendo. Anos depois, durante a geração do Xbox One, a empresa colocou em prática e acelerou o plano. Além da Activision Blizzard e da Bethesda, a empresa fundada por Bill Gates adquiriu estúdios como Mojang (Minecraft), Ninja Theory e Obsidian Entertainment nos últimos anos.

Fonte: Bloomberg

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.