NASA seleciona 2 astronautas para a missão de teste com a nave Starliner à ISS

Por Wyllian Torres | Editado por Rafael Rigues | 17 de Junho de 2022 às 13h00

clique para compartilhar

Link copiado!

A NASA anunciou, nesta quinta-feira (15), os dois astronautas que participarão da primeira missão tripulada de teste com a espaçonave Starliner, da Boeing, para a Estação Espacial Internacional (ISS). O voo é um importante passo para certificar a nave como um veículo seguro para o transporte de astronautas.

Para a missão de teste, chamada Crew Flight Test (CFT), a NASA escalou os astronautas Barry "Butch" Wilmore e Suni Williams. Enquanto Wilmore será o comandante da missão, Williams atuará como piloto da nave. A agência espacial também selecionou o astronauta Mike Fincke como piloto reserva.

Em nota, a agência disse que Fincke dedicou os últimos nove anos de sua carreira às primeiras missões da Boeing e Suni, os últimos sete anos. Desde 2020, Wilmore lidera a equipe como comandante da espaçonave Starliner. No mês passado, NASA e Boeing realizaram o primeiro teste não-tripulado (OFT-2) com a nave para a ISS.

A missão OFT-2 decolou para a ISS em 19 de maio e retornou à Terra em 25 de maio. O sucesso do teste abriu as portas para a CFT. No entanto, as equipes da NASA e da Boeing ainda levarão mais de um mês para concluir a revisão dos dados deste voo antes de realizar a nova missão com a Starliner.

Ao final de julho, a NASA planeja concluir a avaliação do cronograma de lançamento da missão CFT. Nela, o foguete Atlas V, da United Launch Alliance (ULA), lançará a Starliner a partir da Estação da Força Aérea dos EUA em Cabo Canaveral.

Inicialmente, a missão deve durar duas semanas, embora este e outros detalhes ainda não tenham sido definidos. A NASA acrescentou que pode estender a missão em até seis meses, caso seja necessário, e também acrescentar outro astronauta à tripulação.

O sucesso da CFT certificará a Starliner para os voos tripulados para a ISS. Em 2014, SpaceX e Boeing foram contratadas para este propósito através do Programa de Tripulação Comercial da NASA. Desde então a SpaceX já realizou cinco missões à ISS, mas a Boeing enfrentou uma série de problemas que atrasaram a prontidão da nave Starliner.

No mês passado, a agência espacial disse pretender realizar a primeira missão comercial com a nave, chamada Starliner-1, ainda neste ano. A astronauta Jeannette Epps está sendo treinada para esta missão.

Fonte: NASA