Missão Crew-5 é lançada e astronautas seguem à Estação Espacial Interncional

Por Danielle Cassita | Editado por Patricia Gnipper | 05 de Outubro de 2022 às 16h45

clique para compartilhar

Link copiado!

Tudo sobre NASA
ver mais

Após alguns adiamentos, a missão Crew-5 finalmente foi lançada, levando quatro astronautas rumo à Estação Espacial Internacional (ISS). O lançamento aconteceu nesta quarta-feira (5), às 13h02, no horário de Brasília, com um foguete Falcon 9, que impulsionou a cápsula Crew Dragon “Endurance” (apelido escolhido pelos astronautas da Crew-3) à órbita. Eles devem chegar ao complexo orbital na quinta-feira (6).

O lançamento estava originalmente programado para acontecer no dia 3 de outubro, mas a NASA decidiu adiá-lo pelos perigos causados pela passagem do furacão Ian na Flórida. A cápsula Crew Dragon leva Nicole Mann e Josh Cassada, ambos astronautas da NASA, junto de Koichi Wakata e Anna Kikina, das agências espaciais do Japão e Rússia, respectivamente.

Eles chegaram à plataforma de lançamentos 39A, no Kennedy Space Center, por volta das 10h, horário de Brasília. Com a confirmação de que tudo estava pronto para o lançamento, o braço de acesso da tripulação à nave começou a ser recuado por volta das 12h20.

Às 12h23, eles fecharam as viseiras de seus capacetes e, quase 10 minutos depois, a SpaceX começou a abastecer o foguete Falcon 9 com propelente. O veículo deixou a plataforma às 13h02 e, após a separação dos estágios, o propulsor do foguete retornará para pousar na embarcação Just Read the Instructions, já posicionada no oceano Atlântico.

Nicole Mann, que se torna agora a primeira mulher indígena a ir ao espaço, é a comandante da Crew-5, enquanto John Cassada é o piloto. Já Wakata e Kikina estão servindo como especialistas da missão. A nave deverá ser acoplada à estação espacial por volta das 17h (horário de Brasília) na quinta, e a escotilha deverá ser aberta duas horas depois.

A russa Anna Kikina é a primeira cosmonauta (o nome dado aos astronautas do país) a voar a bordo de uma cápsula Crew Dragon, como resultado de um novo acordo entre a NASA e a Roscosmos. A ideia do acordo é garantir que ambas as agências espaciais tenham sempre um astronauta e um cosmonauta a bordo da estação, mesmo no caso de imprevistos.

A missão Crew-5

Mann, Cassada, Wakata e Kikina devem passar até seis meses a bordo do laboratório orbital, conduzindo mais de 200 experimentos e pesquisas para ajudar na preparação para a exploração tripulada além da órbita baixa da Terra, beneficiando também a vida em nosso planeta. Entre os experimentos estão estudos da compreensão de sistemas de abastecimento na Lua, doenças cardíacas e mais.

A tripulação da Crew-5 será recebida pelos sete membros da Expedição 68 — entre eles estão os astronautas da Crew-4, que devem retornar para uma amerisssagem (o pouso no mar) no litoral da Flórida, estimada para acontecer alguns dias depois da chegada da Crew-5.

A Crew-5 é a quinta missão operacional lançada por meio do programa Commercial Crew Program, sendo também o sexto voo tripulado com uma cápsula Dragon, lançado por meio da iniciativa.

Abaixo, você assiste à reprise do lançamento:

Fonte: NASA