Lançamento da missão Crew-5 é adiado com chegada de furacão

Por Danielle Cassita | Editado por Patrícia Gnipper | 28 de Setembro de 2022 às 10h27

clique para compartilhar

Link copiado!

O lançamento da missão Crew-5 à Estação Espacial Internacional (ISS) foi adiado para o dia 4 de outubro, às 13h23 (horário de Brasília) devido à aproximação do furacão Ian. Em um comunicado publicado nesta terça-feira (27), a NASA destaca que as equipes da missão seguem acompanhando as condições meteorológicas na região do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, e podem realizar um novo ajuste na data se for necessário.

No comunicado, a NASA informou que a cápsula Crew Dragon segue acoplada ao foguete Falcon 9, e ambos estão protegidos no interior do hangar da SpaceX, no Centro. Assim que a tempestade passar, a agência espacial e a SpaceX vão estudar os possíveis impactos causados no local, para determinar se será necessário ajustar novamente o cronograma. Antes, o lançamento estava programado para o dia 3 de outubro.

Quando for lançada, a missão Crew-5 levará os astronautas Nicole Aunapu e Josh Cassada, ambos da NASA, junto de Koichi Wakata e Anna Kikina, das agências espaciais do Japão e Rússia, respectivamente. Este lançamento representa a primeira vez que um cosmonauta (o nome dado aos astronautas da Rússia) viajará a bordo de uma nave norte-americana rumo à estação.

O feito é resultado de um novo acordo firmado entre a NASA e a agência espacial russa Roscosmos: foi assim que o astronauta Frank Rubio, da NASA, voou à estação a bordo de uma nave Soyuz, da Rússia. Agora, será a vez da russa Kikina viajar com uma nave norte-americana. Assim, ambas as agências espaciais garantem que, mesmo no caso de imprevistos, haverá sempre um cosmonauta e um astronauta a bordo da ISS.

Com as incertezas envolvidas no lançamento, a NASA observou que o retorno da missão Crew-4, cuja tripulação segue na ISS, acompanhará as mudanças do cronograma da Crew-5. Desta forma, a NASA e a SpaceX querem garantir que as duas tripulações passem cinco dias juntas a bordo da estação.

Se o lançamento realmente acontecer no dia 4 de outubro, os astronautas devem chegar ao Centro nesta sexta-feira (30). Caso seja necessário, há uma janela reserva para o lançamento no dia 5 de outubro. A Crew-5 não é a única missão afetada pelo furacão: devido à aproximação da tempestade, a agência espacial removeu o foguete Space Launch System da plataforma, já posicionado para o lançamento da missão Artemis I.

Fonte: NASA