Foguete SLS passa em teste e Artemis I pode ser lançada à Lua na próxima semana

Foguete SLS passa em teste e Artemis I pode ser lançada à Lua na próxima semana

Por Danielle Cassita | Editado por Patrícia Gnipper | 22 de Setembro de 2022 às 10h26
NASA/YouTube

Nesta quarta-feira (21), o foguete Space Launch System (SLS) passou por um longo teste de abastecimento, uma etapa crítica para o lançamento da missão Artemis I. Segundo um comunicado da NASA, todos os objetivos do teste foram concluídos, e agora as equipes estão se preparando para drenar os tanques do veículo.

O lançamento sofreu alguns adiamentos após a NASA identificar um vazamento de hidrogênio líquido no estágio central do foguete. A equipe da missão substituiu duas vedações e, assim, agendaram o teste para verificar se o conserto funcionou. O procedimento foi realizado no Kennedy Space Center, na Flórida.

Segundo a NASA, o teste tinha o objetivo de avaliar o conserto do vazamento com a troca dos componentes de vedação, abastecer os tanques do foguete com a ajuda de novos procedimentos, testar o fluxo de hidrogênio e realizar um teste de pré-pressurização. “Conseguimos cumprir hoje todos os objetivos que determinamos”, comemorou Charlie Blackwell-Thompson, diretora de lançamentos do programa.

Entretanto, o teste não aconteceu sem alguns “sustos” ao longo do caminho. Durante o abastecimento com hidrogênio líquido, os engenheiros descobriram um vazamento, mas conseguiram reduzi-lo para níveis aceitáveis. Durante a etapa de pré-pressurização, a equipe identificou outro vazamento.

Este segundo vazamento foi menor que o primeiro, e a equipe da missão conseguiu mantê-lo sob controle. “Vamos pegar os dados e ver o que eles nos dizem, mas estou extremamente encorajada pelo teste hoje e por ter passado por todos os objetivos”, comentou ela em uma conferência após o fim do teste.

A NASA planeja lançar a missão no dia 27 de setembro, mas se for necessário, conta com uma janela reserva no dia 2 de outubro. Contudo, ainda é cedo para dizer se a agência espacial poderá manter estas datas, já que será necessário também ter condições climáticas adequadas e a certificação do sistema de terminação de voo (FTS), que destruirá o foguete se ele sair do curso durante o lançamento.

“As equipes vão avaliar os dados do teste junto do tempo e outros fatores, antes de confirmar a prontidão para avançar para a próxima oportunidade de lançamento”, ressaltou a NASA, no comunicado. Enquanto eles avaliam os próximos passos, o foguete SLS segue na configuração de segurança.

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.