Tinder

Tinder

  • Fundação

    Estados Unidos

O Tinder é um aplicativo de relacionamento desenvolvido e mantido pela Match Group. Fundada em 2012 nos Estados Unidos, a plataforma permite que o usuário conheça novas pessoas e criem conexões a partir de perfis pessoais.

Seu funcionamento é simples: o usuário tem acesso a perfis de diferentes pessoas. Se houver atração, ele deve deslizar para a direita para dar o “like”; caso contrário, ele desliza para a esquerda se não estiver interessado. Se as duas pessoas se curtirem, o aplicativo faz o “match”, e ambos podem iniciar a conversa em uma janela de bate papo.

Com o passar do tempo, o aplicativo ganhou mais funções. Uma das mais importantes é o “super like”, em que um usuário tem seu perfil destacado para outras pessoas pelas quais ele se interessou. Para isso, é só deslizar para cima.

O app é gratuito, mas oferece planos pagos, como Tinder Gold, Plus ou Platinum. Com as ferramentas pagas, usuários podem maximizar a exposição do próprio perfil e descobrir de quem são os likes recebidos, além de eliminar o limite diário de curtidas.

Desde 2019, o Tinder realiza regularmente a Swipe Night, um evento especial, no qual produz um conteúdo interativo para seu público. Usuários fazem escolhas sobre os rumos de uma história e, ao final, o app conecta pessoas que tomaram decisões similares.

Desde seu lançamento, o Tinder se estabeleceu como o principal aplicativo de relacionamentos do mundo. Ele está disponível em 190 países e mais de 40 idiomas, com mais de 530 milhões de downloads desde sua criação. Segundo a empresa, o app já produziu mais de 75 bilhões de matches.

O Tinder chegou ao Brasil em 2013. O país é o terceiro maior mercado da plataforma no mundo, perdendo apenas para Estados Unidos e Reino Unido.

Últimas sobre Tinder