Nubank

Nubank

"O futuro vem com um passo de cada vez"
  • Fundação

    São Paulo, Brasil

  • Sede

    R. Capote Valente, 39 - Pinheiros, São Paulo - Brasil

O Nubank é uma fintech brasileira fundada em 6 de maio de 2013 por David Vélez, Vagner S.Teves Jr., Edward Wible e Cristina Junqueira. A empresa ganhou notoriedade com seu primeiro produto, lançado em 2014: um cartão de crédito roxo (o “roxinho”) sem anuidade, controlado por um aplicativo fácil de usar no smartphone.

Rapidamente, o cartão caiu no gosto do público, em um momento em que o mercado financeiro era muito mais concentrado entre grandes bancos, como Itaú, Bradesco, Santander e Banco do Brasil. A facilidade de atendimento pelo celular também foi um diferencial.

Com o passar do tempo, o Nubank expandiu suas atividades. A primeira grande novidade, de 2017, foi o lançamento da NuConta, sua conta, que se destacava pelo rendimento automático de 100% do CDI. Em 2022, a empresa mudou o funcionamento e passou a remunerar depósitos apenas após 30 dias.

Em 2020, anunciou a compra da corretora Easynvest, que passou a se chamar Nu Invest, e ampliou o leque de serviços para oferecer investimentos ao seu público. Além disso, oferece seguros, empréstimos e até mesmo compra de criptomoedas.

O Nubank também conseguiu alcançar a rara marca de “decacórnio”, expressão utilizada para empresas avaliadas em mais de US$ 10 bilhões. Foi a primeira startup brasileira a alcançar esse patamar antes de realizar sua abertura de capital na bolsa.

Em dezembro de 2021, o Nubank realizou seu IPO na Bolsa de Valores de Nova York. Na ocasião, o banco digital foi avaliado em US$ 41,7 bilhões, o que fez dele, no início das negociações, a instituição financeira mais valiosa da América Latina. Na bolsa brasileira B3, o Nubank negocia BDRs com o ticker NUBR33.

Últimas sobre Nubank