Por que prevenir a lavagem de dinheiro é tão importante na área de compliance

Por que prevenir a lavagem de dinheiro é tão importante na área de compliance

Por Eduardo Tardelli | 19 de Setembro de 2022 às 10h00
Joel santana Joelfotos/Pixabay

Não é de hoje que se ouve falar tanto sobre a importância das empresas adotarem ações de combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo. Afinal, práticas ilícitas como essas podem trazer graves consequências para o futuro e a imagem de uma companhia.

A existência de uma área responsável por cuidar de alguns riscos capazes de garantir mais segurança para o andamento de processos e, consequentemente, trazer benefícios para o negócio, pode ser uma boa saída. E é a partir daí que entra em cena o programa de compliance PLD/FT baseado na gestão de riscos.

É por meio dele que a empresa passa a adquirir de uma forma mais proativa informações sobre toda a equipe de profissionais com quem ela se relaciona. E, assim, tem a possibilidade de fazer uma completa mitigação de riscos, se preservando contra o ingresso ou permanência de pessoas inidôneas no seu quadro de relacionamentos.

Nesse sentido, processos como background check de clientes, ou Know Your Customer (KYC), passam a ser vistos como peças fundamentais do processo. Porém, é importante ressaltar que essas checagens devem ser feitas em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que estabeleceu algumas regras para a coleta e o armazenamento de informações de clientes e consumidores pelas empresas e prestadoras de serviços em geral.

Outro ponto importante é que os programas de compliance de prevenção à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo não podem ser implementados de maneira idêntica em empresas diferentes. Por isso, ao adotá-los na sua companhia, ele deve ser desenvolvido de uma maneira mais customizada para as operações realizadas no seu dia a dia.

As empresas que não possuem atividades relacionadas ao assunto precisam correr. Afinal, muitos procedimentos e controles internos podem estar colocando a integridade da sua empresa em risco e ninguém quer se expor a possíveis multas e sanções que podem prejudicar, e muito, a imagem da sua empresa, não é mesmo?

*Artigo produzido por colunista com exclusividade ao Canaltech. O texto pode conter opiniões e análises que não necessariamente refletem a visão do Canaltech sobre o assunto.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.