Crítica Noite Infeliz | Papai Noel existe e não perdoa quem se comporta mal

Por Natalie Rosa | Editado por Jones Oliveira | 01 de Dezembro de 2022 às 09h45

clique para compartilhar

Link copiado!

Em meio às diversas comédias românticas que são lançadas na época de Natal, chega aos cinemas um filme diferente: Noite Infeliz. Protagonizado por David Harbour, o Jim Hopper de Stranger Things, o longa é uma comédia de ação que mistura o espírito natalino com a violência.

Em Noite Infeliz, o Papai Noel realmente existe, mas ele não é o idoso simpático que conhecemos nas histórias infantis. Em vez disso, vemos um homem de meia idade triste, alcóolatra e que se alimenta muito mal. O filme começa quando o velhinho barbudo chega na mansão de uma família milionária para fazer suas entregas de presentes. Então, o que parecia mais uma visita entediante de seu trabalho como Papai Noel se transforma em uma caçada violenta.

Isso porque residência é invadida por um grupo de mercenários que planeja roubar uma idosa milionária e corrupta, e eles não hesitam em assassinar quem estiver pela frente.

Atenção: esta matéria contém spoilers de Noite Infeliz!

A emoção realmente começa quando Papai Noel descobre que está nessa cilada, já que as suas renas fugiram assustadas com os tiros. O velhinho, que aparentava indefeso, começa Noite Infeliz com medo e inseguro, mas acaba mostrando quem ele realmente é: um viking esmagador de crânios.

O longa, dirigido por Tommy Wirkola, o mesmo de Zumbis na Neve 1 e 2, nos apresenta brevemente ao passado do Papai Noel, mas a resposta ainda é uma incógnita. O próprio personagem explica tudo o que ele consegue fazer como "mágica", mas que até hoje não sabe muito bem como isso funciona.

Com centenas de anos de existência, esse Papai Noel parece ter uma história criativa e instigante, mas infelizmente o filme não explora muito esse cenário. São tão poucas as cenas que mostram esse detalhe que é possível até desconfiar que haverá um longa derivado de Noite Infeliz, talvez como um filme de origem.

Porradaria

Como um bom filme de ação, Noite Infeliz não dá chance ao tédio, trazendo lutas divertidas e de tirar o fôlego, inclusive lembrando o filme Duro de Matar. Papai Noel, mostrando que é difícil ser derrotado, vai ficando a cada vez mais "estragado", com roupa suja e ensanguentada, e também mais corajoso e determinado a salvar a família que é refém dessas pessoas criminosas.

Tal qual Thor, Papai Noel tinha um martelo na época em que era viking, e ela se chamava "skull crasher", ou "esmagador de crânios" na tradução literal. Quanto mais seu passado vinha à tona, mais violento o personagem ficava, algo que definitivamente não imaginávamos o bom velhinho sendo.

Espírito natalino

Apesar de violento, o filme não deixa a essência natalina de lado, apostando nos clichês. Papai Noel se mostra cansado da ganância das pessoas, mas se encanta por Trudy (Leah Brady), uma criança de sete anos que está mantida como refém.

A pequena sempre acreditou no Papai Noel, e quando teve a confirmação que ele existia soube que seria salva por ele. Mas em meio aos diálogos sobre a pureza das crianças, o que conseguiu deixar Papai Noel emotivo, Noite Infeliz embarca na referência a um dos maiores clássicos do Natal: Esqueceram de Mim.

Trudy se escondeu no sótão da mansão, onde conseguia se comunicar com Papai Noel por um walkie-talkie, mas eventualmente foi descoberta. Então, a criança cria várias armadilhas divertidas e sangrentas para combater seus inimigos. Vemos cola no chão, estilingues, lâmpadas quebradas, entre outros detalhes que deixaram o filme ainda mais divertido e repleto de "altas confusões".

Por fim, Papai Noel cumpre sua missão de resgate e recupera, ao mesmo tempo, seu espírito natalino. Agora, esse homem mágico, tatuado e com passado violento pode ter recuperado os motivos pelos quais aceitou essa missão, se é que ele realmente teve escolha.

Ainda que a história de como esse vinking esmagador de crânios conseguiu essa profissão tão diferente não tenha sido mostrada, Noite Infeliz se consagra como um ótímo filme de Natal. Talvez não seja indicado para as crianças, mas o longa conseguiu unir diferentes elementos natalinos para criar um filme de ação cheio de referências, divertido e inusitado.

Noite Infeliz está em cartaz nos cinemas de todo o Brasil; garanta o seu ingresso na Ingresso.com.