YouTube encerra testes e resolução 4K volta a estar disponível para todos

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 17 de Outubro de 2022 às 14h40

clique para compartilhar

Link copiado!

Tudo sobre YouTube
ver mais

Atualização 17/10 — O YouTube confirmou nesta segunda (17) que encerrou os testes e, agora, a resolução 4K volta a estar disponível para todos os usuários, inclusive os não pagantes. A confirmação veio por meio do perfil oficial Team YouTube no Twitter:

"Nós encerramos esse experimento", registra a publicação. "Espectadores deverão conseguir acessar resoluções de qualidade 4K sem assinatura Premium", prossegue. Abaixo, segue a notícia original sobre os testes realizados pela plataforma publicada em 3 de outubro de 2020.

A reprodução de vídeos em 4K pode se tornar exclusiva para assinantes YouTube Premium, suspeitam usuários do Reddit. Capturas de tela compartilhadas na rede social mostram que a plataforma avalia restringir a resolução para o pacote de assinatura, porém não há nenhuma confirmação até agora.

A suspeita surgiu quando usuários encontraram o aviso “Premium” logo abaixo da resolução 4K na tela de seleção de qualidade. A novidade não aparece para todo mundo, então pode ter sido o resultado de uma liberação gradativa, um teste ou uma falha da plataforma.

Atualmente, a exibição de vídeos em 4K é gratuita. Usuários nem mesmo precisam de um monitor com essa resolução para carregar o conteúdo (embora a melhoria em qualidade não seja visível), basta selecioná-la no menu e esperar carregar.

Vídeos em 4K só com YouTube Premium

A assinatura do YouTube garante vantagens em usabilidade, como poder reproduzir conteúdo com a tela bloqueada, baixar vídeos para assistir offline, modo Picture-in-picture, navegação sem publicidade e todo o catálogo de músicas do YouTube Music.

Ao restringir a qualidade Ultra HD para assinantes, o YouTube copia a estratégia de serviços de streaming como Netflix. Para o usuário gratuito, a remoção seria uma grande perda, uma vez que a reprodução em alta resolução é uma característica bem importante da plataforma. Para o Google, porém, esse seria mais um motivo para atrair novos assinantes.

Atualmente, o YouTube Premium custa R$ 20,90 ao mês no plano padrão, mas também há alternativas com pagamento anual (individual ou familiar) ou em condições especiais para estudantes. Até agora, o Google não se manifestou quanto a exclusividade da resolução para assinantes.

Fonte: Reddit (1, 2)