MIUI pode dificultar instalações de aplicativos baixados fora das lojas oficiais

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 06 de Setembro de 2021 às 16h20

clique para compartilhar

Link copiado!

Redmi
ver mais

Embora seja associada à inovação, a Xiaomi é bem conservadora quando se trata de sistemas operacionais: a companhia usa uma versão personalizada do Android desde a sua fundação até os dias atuais. A MIUI é um dos principais produtos da gigante chinesa e embarca até telefones de outras marcas subsidiárias, como Redmi e Poco, tanto que chegou a ganhar recentemente uma edição otimizada da versão 12.5.

Corrigidas as principais falhas, agora a Xiaomi parece focada em trazer mais segurança: o chamado "MIUI Pure" seria um modo seguro para ajudar a manter os dispositivos longe de aplicativos maliciosos. Como o Android permite a instalação de apps fora das lojas oficiais, muita gente baixa arquivos APK de origem duvidosa, sem qualquer auditoria de proteção. Isso é uma vantagem do sistema operacional do Google, mas abre brechas para programas com malwares ou aplicações falsas para roubo de dados.

Segundo o portal chinês IT Home, o "Modo Puro" da MIUI traria recursos para proteger o telefone de ameaças de segurança, como a desabilitação do download de aplicações alternativas. Ainda não está claro quais outras funções podem vir junto, mas a medida parece uma tentativa de transformar um sistema aberto em algo mais restrito, ao estilo Apple, o que pode ter seus pontos negativos — mas que, felizmente, poderia ser ligado ou desligado nas configurações.

A empresa já começou o teste na China com um pequeno grupo de usuários — mil novos testadores são adicionados diariamente. A ideia, portanto, não é que o MIUI Pure seja uma nova skin com funcionalidades novas e sim um recurso adicional para proteger quem tem pouco ou nenhum conhecimento em segurança digital.

Vale lembrar que a companhia designou, no primeiro semestre, uma equipe para propor melhorias nas funcionalidades e recursos do sistema modificado: a Enhanced Version parece ser o primeiro produto e o MIUI Pure deve ser o segundo. O jeito é aguardar por novidades oficiais da Xiaomi para esclarecer quais as vantagens e desvantagens deste recurso.

Fonte: IT Home